Mulheres em uma aula de hidroginástica: experenciando o interrelacionamento grupal - doi:10.5020/18061230.2004.p8

Karla Maria Carneiro Rolim, Maria Gorette Andrade Bezerra, Vládia Teles Moreira, Maria de Fátima Maciel Araújo

Resumo


Este trabalho reporta a experiência vivenciada por enfermeiras com o uso da dinâmica grupal em um grupo de mulheres com idade entre 60 e 80 anos que freqüentavam aulas de hidroginástica, tendo como objetivo promover uma reflexão sobre o autocuidado em saúde, favorecendo a vivência de práticas de educação em saúde e o desenvolvimento de habilidades. O cenário escolhido para a experiência foi um parque olímpico do pólo esportivo de uma escola da rede particular de ensino, localizada em Fortaleza-Ce, desenvolvida nos meses de maio e junho de 2002. O processo metodológico foi desenvolvido através de oficinas educativas, que contemplaram o cuidado intrapessoal, interpessoal, sócio-civilizatório, ecológico e vivências grupais. Para as mulheres idosas, a experiência trouxe empoderamento, pois contribuiu para participação, com liberdade de expressão. As autoras concluíram que trabalhar com grupos oportuniza aos enfermeiros a compreensão do sentir, pensar e agir de modo diferente, usando o conhecimento técnico-científico, envolvendo as relações humanas em busca de uma nova proposta de ação educadora em uma enfermagem reflexiva determinando ações transformadoras na sociedade.

Palavras-chave


Dinâmica grupal; Mulheres; Interrelacionamento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/339

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia