Fatores de risco e proteção contra doenças crônicas não transmissíveis entre adolescentes

Keise Adrielle Santos Pereira, Sheila Elke Araújo Nunes, Ray Sousa Alves Miranda, Aline Dias Horas, Joaquim Paulo De Almeida Júnior, Antonia Marcia Meireles, Valdina dos Santos Aguiar, Márcia Guelma Santos Belfort

Resumo


Objetivo: Conhecer a prevalência dos fatores de risco para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) entre adolescentes assistidos pelo programa municipal Saúde e Prevenção na Escola (SPE). Métodos: Estudo de corte transversal realizado com escolares de 10 a 17 anos pertencentes a seis escolas do município de Imperatriz, Maranhão, Brasil, entre outubro de 2014 e abril de 2015. Medidas antropométricas foram coletadas na própria escola e as variáveis associadas aos hábitos alimentares e estilo de vida foram investigadas por meio de questionário autoaplicável, sendo comparados os dados entre os sexos através do teste Qui-quadrado. Resultados: Foram avaliados 473 estudantes entre 10 e 17 anos. O sobrepeso e a obesidade ocorrem em 13,3% (63) da amostra. Alimentos como arroz, feijão e frutas têm consumo associado a fatores de proteção e apresentaram maiores proporções de consumo entre o sexo feminino (p= 0,001), enquanto a prática de atividade física prevalece entre o sexo masculino (p = 0, 0001). A exposição ao cigarro, drogas ilícitas e álcool não se distingue entre os sexos. Conclusão: A população estudada apresenta distintos padrões de exposição a fatores de risco e proteção, e evidencia a necessidade de ações educativas no ambiente escolar conduzidas pelos profissionais do SPE e demais gestores escolares.

Palavras-chave


Estudantes; Ensino Fundamental e Médio; Alimentação; Estilo de vida.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


World Heart Federation Urbanization and cardiovascular disease: Raising heart-healthy children in today’s cities. Geneva: World Heart Federation; 2012.

IBGE. MINISTÉRIO DA SAÚDE (BRASIL). Pesquisa nacional de saúde do escolar : 2015 / IBGE, Coordenação de População e Indicadores Sociais. – Rio de Janeiro : IBGE, 2016.132 p.

Goldhaber-Fiebert JD, Rubinfeld RE, Bhattacharya J, Robinson TN, Wise PH. The utility of childhood and adolescent obesity assessment in relation to adult health. Med Decis Making. 2013;33:163---75

He F, Rodriguez-Colon S, Fernandez-Mendoza J, Vgontzas AN, Bixler EO, Berg A, et al. Abdominal obesity and metabolic syndrome burden in adolescents --- Penn State Children Cohort study. J Clin Densitom. 2015;18:30---6.

Beaglehole R, Bonita R, Horton R, Ezzati M, BhalaN, Amuyunzu-Nyamongo M, et al. Measuring progress on NCDs: one goal and five targets. Lancet. 2012 Oct;380(9850):1283-5.

Malta DC, Silva Junior JB. O Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis no Brasil e a definição da metas globais para o enfrentamento dessas doenças até 2025: uma revisão. Epidemiol. Serv. Saúde, Brasília. 2013; 22(1):151-164.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Plano de ações estratégicas para o enfrentamento das doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) no Brasil 2011-2022 / Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. – Brasília : Ministério da Saúde, 2011. 148 p. : il. – (Série B. Textos Básicos de Saúde).

Ministério da Educação. Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas (SPE). Secretária da Educação Básica, 2016. [acesso em 2017 Fev 24] Disponível em: http://portal.mec.gov.br/projeto-saude-e-prevencao-nas-escolas-spe

Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional. Orientações básicas para a coleta, processamento, análise de dados e informação em serviços de saúde [Andhressa Araújo Fagundes et al]. Brasília: Ministério da Saúde, 2004 [acesso em 2015 Jan 24] Disponível em: http://189.28.128.100/nutricao/docs/geral/orientacoes_basicas_sisvan.pdf.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Orientações para a coleta e análise de dados antropométricos em serviços de saúde : Norma Técnica do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional - SISVAN / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília : Ministério da Saúde, 2011. 76 p. : il. – (Série G. Estatística e Informação em Saúde).

World Health Organization. Preventing chronic diseases: a vital investment. Geneva: World Health Organization, 2006.

World Health Organization. Global Recommendations on Physical Activity for Health; 2011. [acesso em 2017 Fev 7].Disponível em: http://www.who.int/dietphysicalactivity/physical-activity-recommendations-5-17years.pdf

Vasconcellos MB, Anjos LA, Vasconcellos MTL. Estado nutricional e tempo de tela de escolares da Rede Pública de Ensino Fundamental de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cad Saúde Pública, Rio de Janeiro. 2013; 29(4): 713-722.

Pinto RP, Nunes AA, de Mello LM. Análise dos fatores associados ao excesso de peso em escolares. Rev Paul Pediatr. 2016; 34(4):460-8.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – 2. ed. –Brasília : Ministério da Saúde, 2014. 156 p. : il.

Vasconcellos MBD, Anjos LAD, Vasconcellos MTLD. Estado nutricional e tempo de tela de escolares da Rede Pública de Ensino Fundamental de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro. 2013; 29(4):713-722.

Castro JAC, Nunes HEG, Silva DAS. Prevalência de obesidade abdominal em adolescentes:associação entre fatores sociodemográficos e estilo de vida. Rev Paul Pediatr. 2016; 34(3):343-351.

Ministério da Saúde (BR). Departamento de Análise de Situação de Saúde. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: Vigitel 2010. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.

World Health Organization. Monitoring framework and targets for the prevention and control of NCDs: a comprehensive global monitoring framework, including indicators, and a set of voluntary global targets for the prevention and control of noncommunicabale diseases [Internet]. 2012 [citade 2012 set 6]. Geneva: World Health Organization: Available from: http://www.who.int/nmh/events/2012/ncd_discussion_paper/en/index.html




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2017.p205

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia