Programa mais médicos: uma revisão integrativa

Ana Caroline Pereira Martins, Paulo Afrânio Sant’anna, Jucimere Fagundes Durães Rocha, Maria Aparecida Vieira

Resumo


Objetivo: Descrever o conhecimento produzido na literatura acerca da criação do Programa Mais Médicos e sua repercussão no Brasil. Métodos: Revisão integrativa, realizada no período de 2013 a 2016, nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online (SciELO), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e na Coleciona SUS, utilizando-se os descritores: programa, médicos, atenção primária, atenção básica, saúde. Resultados: Foram selecionadas 21 publicações que atenderam aos critérios de inclusão, mas encontravam-se em periódicos com estratos intermediários e apresentaram baixo nível de evidência. Os principais resultados se referem à criação do Programa Mais Médicos (PMM) e sua repercussão na classe médica, na população e na mídia. O PMM foi criado tendo como objetivo ampliar o acesso e atenuar as desigualdades em saúde através da distribuição de médicos em municípios considerados prioritários, ocasionou grande repercussão no Brasil, com posicionamentos diversos entre os órgãos governamentais, usuários, mídia e, em especial, entre a classe médica brasileira. Conclusão: Diminuir as desigualdades de alocação de médicos, no entanto, é uma ação difícil e que exige ações em longo prazo. Soma-se a necessidade de implantar estratégias como melhoraria de infraestrutura, melhor distribuição de insumos e equipamentos, apoio logístico e rede de atenção à saúde resolutiva, eficiente e eficaz em todos os níveis de atenção.

Palavras-chave


Programas Nacionais de Saúde; Médicos; Atenção Primária à Saúde; Saúde.



DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2017.6515

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia