Dor pós-operatória em hospital universitário: perspectivas para promoção de saúde

Letícia Vivian de Souza Franco, Renata Ferreira Barbosa Sugai, Sarah Costa e Silva, Thaís de Carvalho da Silva, Roberta Bessa Veloso Silva, Roberto Salvador de Souza Guimarães, Cláudio Daniel Cerdeira, Gérsika Bittencourt Santos

Resumo


Objetivo: Avaliar a prevalência, os fatores influentes e a magnitude da dor pós-operatória (DPO) em pacientes atendidos em um hospital universitário. Métodos: Realizou-se estudo prospectivo e transversal envolvendo 100 pacientes submetidos a diferentes procedimentos cirúrgicos, no período de março a maio de 2016, entrevistados nas primeiras 24 horas do pós-operatório e avaliados através de uma escala visual numérica (EVN). Resultados: As cirurgias mais comuns encontradas são: cesárea, apendicectomia, prostatectomia, tireoidectomia total e osteossíntese; e as anestesias: raquianestesia e geral balanceada, sendo a prevalência de DPO menor quando usada a raquianestesia. Dos pacientes, 43% (n = 43) declararam DPO, com prevalência de 44% (n = 14) para o sexo masculino e 43% (n = 29) para o feminino. Entre esses, 30% (n = 13) classificaram a DPO como de intensidade forte, 53,5% (n = 23) classificaram como moderada, e 14% (n = 6), leve. Houve maior prevalência de DPO nas faixas etárias de 25-34 e 55-64 anos, e relações causais significativas entre o sexo do paciente e as variáveis diagnóstico, tipo de cirurgia, local ou intensidade da dor. Além disso, o local da DPO relacionou-se com a faixa etária ou tipo de cirurgia, e a intensidade se relacionou com a faixa etária. Conclusão: A dor pós-operatória no hospital universitário em questão se apresentou prevalente em pacientes de ambos os sexos e dependente da faixa etária, da heterogeneidade de procedimentos cirúrgicos e de protocolos anestésicos, sendo a de intensidade moderada a mais identificada.

Palavras-chave


Dor; Cirurgia Geral; Prevalência; Epidemiologia.



DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2017.6583

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia