Odontologia e preceptoria: um olhar para a prática pedagógica dos preceptores de estágio

Emanuelle Tenório de Oliveira, Maria Viviane Lisboa de Vasconcelos, Renato Santos Rodarte, Roberto Zonato Esteves

Resumo


Objetivo: Conhecer a preceptoria em odontologia sob o ponto de vista dos profissionais/cirurgiões dentistas quanto a sua função e prática pedagógica. Métodos: Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa na modalidade estudo de caso, com a técnica da entrevista semiestruturada e observação participante com os 12 cirurgiões dentistas que atuavam como preceptores de estágio no serviço público. Os dados foram interpretados a luz da técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: Os preceptores relataram que reconhecem os cenários de pratica como locais de contextualização dos conteúdos teóricos apreendidos na instituição formadora; se apercebem como colaboradores na formação profissional do estudante e também se sentem como aprendizes do processo. Identificaram como dificuldades neste contexto a sua falta de formação pedagógica para exercer a preceptoria e o distanciamento entre a academia e o serviço. O cirurgião dentista/preceptor tem dificuldade de perceber o papel docente na sua função de preceptor. Há falta de estímulo para a atuação como preceptor, no sentido de treinamento e incentivo financeiro. Conclusão: É visível a necessidade de estreitar os vínculos com a instituição de ensino, através de parcerias e comunicações efetivas, planejamento e orientação quanto ao andamento dos momentos de estágio de forma geral.

Palavras-chave


Preceptoria; Educação Continuada; Estágio; Odontologia.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Brasil, Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação/Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES 3, de 19 de fevereiro de 2002. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Odontologia. Diário Oficial União. 04 mar 2002; Seção1:10. Disponível em: URL: http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES032002.pdf

Trajman A, Assunção N, Venturi M, Tobias D; Toschi W, Brant V. A preceptoria na rede básica da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro: opinião dos profissionais de Saúde. Revista Brasileira de Educação Médica. Rio de Janeiro, v. 33, n. 1, Mar. 2009. Disponível em: URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022009000100004&lng=en&nrm=iso. Acessado em 20 set. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022009000100004

Botti SHO, Rego STA. Docente-clínico: o complexo papel do preceptor na residência médica. Physis, Rio de Janeiro, v. 21, n. 1, p. 65-85, 2011. Disponível em: URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73312011000100005&lng=en&nrm=iso. Acessado em 20 de agosto 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-73312011000100005

Projeto Político Pedagógico do curso de Odontologia da Universidade Federal de Alagoas. UFAL, Maceió, 2007.

Ceccim, RB. Educação Permanente em Saúde: descentralização e disseminação de capacidade pedagógica na saúde. Ciências Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 10, n. 4, p.975-986, Dez. 2005. Disponível em: URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232005000400020&lng=en&nrm=iso. Acessado em 15 Jul. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232005000400020

Sarreta FO. Educação permanente em saúde para os trabalhadores do SUS. São Paulo: Cultura Acadêmica da Fundação UNESP, v.1.252f. 2010.

Rocha HC, Ribeiro VB. Curso de formação pedagógica para preceptores do internato médico. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 36, n. 03, set. 2012. Disponível em: URL: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-52712012000500008&lng=es&nrm=iso. Acessado em 05 de outubro de 2014.

Santos AC, Lima AA, Lima BLG, Silva CDA, Viggiano DPPO, Carvalho GS, et al. Competências da Preceptoria na Residência Médica. Cadernos da ABEM. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Educação Médica Vol. 9. p.40-45. Out. 2013.

Yin RK. Estudo de Caso – Planejamento e Método. 2ª ed. São Paulo: Bookman, 2001.

André MED. A. Estudo de Caso em Pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liber Livro Editora, 2005.

Bardin L. Análise de Conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. 3ª ed. Lisboa/Portugal: Edições 70, 2011.

Cerqueira, P. A formação pedagógica de preceptores dos estudantes da área da saúde: ma conversa em três tempos. In: Brant V (Org). Formação Pedagógica de Preceptores do Ensino em Saúde. Juiz de Fora: Ed. UFJF, p. 67-75, 2011.

Veiga IPA. A prática pedagógica do professor de Didática. 2ª ed. Campinas: Papirus, 1992.

Tozetto SS, de Sá GT. A prática pedagógica na formação docente. Reflexão e Ação, v. 17, n. 2, p. 181-196, 2009.

Fortes, FDS, Pessoa, TRFF, Freitas, CHSM, Pereira, CAL, Carvalho Junior, PM. Reorientação na formação de cirurgiões-dentistas: o olhar dos preceptores sobre estágios supervisionados no Sistema Único de Saúde (SUS). Interface (Botucatu), 2015; 19 Supl. 1:831-43.

Freire P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 25ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

Duffy A. Guiding students through reflective practice - the preceptors’ experiences. A qualitative descriptive study. Nurse Educ Pract. 2009; 9 (3): 166-75.

Barreto VHL, Monteiro ROS, Magalhães GSG, Almeida RCC, Souza LN. Papel do preceptor da atenção primária em saúde na formação da graduação e pós-graduação da Universidade Federal de Pernambuco: um termo de referência. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 35, n. 04, dic. 2011. Disponível em: URL: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1981-52712011000400019&lng=es&nrm=iso. Acessado em maio de 2014.

Silva AS, Moreira SMS. Os saberes docentes para a prática pedagógica de alunos com necessidades educativas especiais na escola regular. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual de Feira de Santana, 2014.

Bentes A, Leite AJM, Montenegro APDR, Paiva Júnior BR, Fernandes CR, Chiesa D, et al. Preceptor de Residência Médica: Funções, Competências e Desafios. A Contribuição de quem valoriza porque percebe a Importância: Nós Mesmos!. Cadernos da ABEM. Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Educação Médica Vol. 9. p.32-38. Out. 2013.

Botti SHO, Rego S. Preceptor, supervisor, tutor e mentor: quais são seus papéis? Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 32, n. 3, Set. 2008. Disponível em: URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022008000300011&lng=en&nrm=iso. Acesso em 20 Jun 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0100-55022008000300011

Missaka H. A Prática Pedagógica dos Preceptores do Internato em Emergência e Medicina Intensiva de um Serviço Público Não Universitário. Dissertação (Mestrado), 2010. 66f. Universidade Federal do Rio de Janeiro, RJ, 2010.

Missaka H, Ribeiro VMB. A preceptoria na formação médica: o que dizem os trabalhos nos congressos Brasileiros de educação médica 2007-2009. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 35, n. 3, Set. 2011.

Maria VOS, Silva MVG, Berardinelli LMM. Preceptoria: elo da integração docente assistencial - suporte para o internato de enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 44, n. 1, p. 49-54, Mar., 1991. Disponível em: URL: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71671991000100009&lng=en&nrm=iso>. Acessado em 15 de março de 2016. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71671991000100009

Brasil, Ministério da Saúde e Ministério da Eduacação. Portaria Interministerial, nº 1.124 de 4 de agosto de 2015. Ministério da Saúde. Diário Oficial da União, nº 148 seção 1, 2015, p. 193-6. Institui as diretrizes para a celebração dos Contratos Organizativos de Ação Pública Ensino-Saúde (COAPES), para o fortalecimento da integração entre ensino, serviços e comunidade no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em: URL: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2015/agosto/05/portaria-inter-1124-2015.pdf. Acessado em 20 de fevereiro de 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2018.8639

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia