Uso do software iramuteq nas pesquisas brasileiras da área da saúde: uma scoping review

Pétala Tuani Candido de Oliveira Salvador, Andréa Tayse de Lima Gomes, Cláudia Cristiane Filgueira Martins Rodrigues, Flávia Barreto Tavares Chiavone, Kisna Yasmin Andrade Alves, Manacés dos Santos Bezerril, Viviane Euzébia Pereira Santos

Resumo


Objetivo: Identificar o uso do Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRAMUTEQ), nas pesquisas qualitativas produzidas no âmbito dos programas de pós-graduação da área da saúde no Brasil. Métodos: Os métodos empregues implicaram a realização de uma scoping review, em que se analisaram dissertações e teses produzidas, no âmbito dos programas de pós-graduação da área da saúde e que se configuravam como pesquisas qualitativas, com uso do IRAMUTEQ. Resultados: Os dados foram analisados por estatística descritiva simples. Os resultados indicaram uma amostra final que consistiu em 54 pesquisas. Verificaram-se certas inconsistências no uso do IRAMUTEQ, tais como as seguintes: mencionar o do IRAMUTEQ como técnica de análise de dados; utilizar pouco ou limitado volume textual; e usar a Classificação Hierárquica Descendente, mesmo com a quantidade de retenção do texto inferior ao recomendado. Tais elementos precisam de ser adequadamente considerados pelo pesquisador, com o objetivo de se produzir análises de dados confiáveis e fundamentadas. Conclusão: Poder-se-á afirmar que o quantitativo de investigações que utilizaram o IRAMUTEQ foi crescente ao longo dos anos e, portanto, um tal software tem sido incorporado nas pesquisas qualitativas da área da saúde produzidas no âmbito dos programas de pós-graduação brasileiros.

Palavras-chave


Software; Pesquisa Qualitativa; Programas de Pós-Graduação em Saúde.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Camargo BV, Justo AM. IRAMUTEQ: Um software gratuito para análise de dados textuais. Temas Psicol. 2013;21:513-8.

Cope DG. Computer-Assisted Qualitative Data Analysis Software. Oncol Nurs Forum. 2014;41(3):322-3.

Paula MC, Viali L, Guimarães GTD. Uso do software Sphinx durante a realização de análise textual discursiva: outros percursos. Revista Eletrônica DECT. 2015;5(3):173-92.

Kami MTM, Larocca LM, Chaves MMN, Lowen IMV, Souza VMP, Goto DYN. Working in the street clinic: use of IRAMUTEQ software on the support of qualitative research. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2016;20(3):e20160069

Lowen IMV, Peres AM, Crozeta K, Bernardino E, Beck CLC. Competências gerenciais dos enfermeiros na ampliação da Estratégia Saúde da Família. Rev Esc Enferm USP. 2015;49(6):967-73.

Camargo BV, Bousfield ABS, Giacomozzi AI, Koelzer LP. Representações sociais e adesão ao tratamento antirretroviral. Liberabit. 2014;20(2):229-38.

Almico T, Faro A. Enfrentamento de cuidadores de crianças com câncer em processo de quimioterapia. Psicol Saúde Doenças. 2014;15(3):723-37.

Silva JP, Bousfield ABS, Cardoso LH. A hipertensão arterial na mídia impressa: análise da revista Veja. Psicol Saber Soc. 2013;2(2):191-203.

Andrade Júnior EO, Andrade EO. Lexical analysis of the Code of Medical Ethics of the Federal Council of Medicine. AMB Rev Assoc Med Bras. 2016;62(2):123-30.

JBI. The Joanna Briggs Institute. Reviewers’ Manual 2015: Methodology for JBI Scoping Reviews. South Australia: The Joanna Briggs Institute; 2015.

Santos V, Salvador P, Gomes A, Rodrigues C, Tavares F, Alves K, Bezerril M. IRAMUTEQ nas pesquisas qualitativas brasileiras da área da saúde: scoping review. In: 6º Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa; 2017 Jul 12-14; Salamanca, Espanha; 2017.

Geocapes. Sistema de Informações Georreferenciadas CAPES: Distribuição de programas de pós-graduação no Brasil [online]. 2015 [acesso em 2017 Nov 15]. Disponível em: http://geocapes.capes.gov.br/geocapes2/#.

Leitch J, Oktay J, Meehan B. A dual instructional model for computer-assisted qualitative data analysis software integrating faculty member and specialized instructor: Implementation, reflections, and recommendations. Qualitative Social Work. 2016;15(3):392-406.

Prado C, Casteli CPM, Lopes TO, Kobayashi RM, Peres HHC, Leite MMJ. Espaço virtual de um grupo de pesquisa: o olhar dos tutores. Rev Esc Enferm USP. 2012;46(1):246-51.

Erdmann AL, Pagliuca LMF. O conhecimento em enfermagem: da Representação de Área ao Comitê assessor de enfermagem no CNPq. Rev Bras Enferm. 2013;66(esp):51-9.

Camargo BV, Justo AM. Tutorial para uso do software IRAMUTEQ [online]. 2016. Disponível em: http://www.iramuteq.org/documentation/fichiers/Tutorial%20IRaMuTeQ%20em%20portugues_17.03.2016.pdf.

Plumecocq G. The second generation of ecological economics: How far has the apple fallen from the tree? Ecol Econ. 2014;107:457-68.

Queiroz Filho AP. As definições de assentamentos precários e favelas e suas implicações nos dados populacionais: abordagem da análise de conteúdo. Rev Bras Gest Urbana. 2015;7(3):340-53.

Smallman M. Public Understanding of Science in turbulent times III: Deficit to dialogue, champions to critics. Public Underst Sci. 2016;25(2):186-97.

Terama E, Smallman M, Lock SL, Johnson C, Austwick MZ. Beyond Academia ± Interrogating Research Impact in the Research Excellence Framework. PLoS ONE. 2016;11(12):e0168533.

Lahlou S. Text mining methods: An answer to Chartier and Meunier. Papers on Social Representations. 2012;20(38):1-7.

Bengough T, Bovet E, Bécherraz C, Schlegel S, Burnand B, Pidoux V. Swiss family physicians’ perceptions and attitudes towards knowledge translation practices. BMC Family Practice. 2015;16:177.

Marchand P, Ratinaud P. L'analyse de similitude appliqueéaux corpus textueles: les primaires socialistes pour l'election présidentielle française. In: 11º Journées Internationales d'Analys Estatistique des Données Textuelles; 2012 Jun 13-15; Liège, Belgique; 2012.

Mendes FRP, Zangao MOB, Gemito MLGP, Serra ICC. Social Representations of nursing students about hospital assistance and primary health care. Rev Bras Enferm. 2016;69(2):321-8.

Trigueiro DRSG, Almeida SA, Monroe AA, Costa GPO, Bezerra VP, Nogueira JA. AIDS and jail: social representations of women in freedom deprivation situations. Rev Esc Enferm USP. 2016;50(4):554-61.

Vaucher C, Bovet E, Bengough T, Pidoux V, Grossen M, Panese F, et al. Meeting physicians’ needs: a bottom-up approach for improving the implementation of medical knowledge into practice. Health Res Policy Syst. 2016;14:49.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2018.8645

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia