Protocolo do estudo de caso qualitativo “ assistência alimentar e nutricional em cuidados paliativos”

Isabel Ferraz Pinto, Claudinei Gomes Campos, Renata Fernandes do Nascimento, José Pereira, José António Ferraz Gonçalves

Resumo


Objetivo: Expor de forma pormenorizada o protocolo de estudo “Assistência Alimentar e Nutricional em Cuidados Paliativos – Estudo de Caso”. Métodos: Compreender o papel da assistência alimentar e nutricional num serviço de cuidados paliativos e analisar os fatores envolvidos na integração e intervenção dos nutricionistas e de outros profissionais responsáveis pela assistência nutricional neste serviço. Resultados e Conclusão: A descrição e análise das atividades de assistência alimentar e nutricional, geradas no contexto de trabalho de serviços de cuidados paliativos, assumem-se atualmente como uma área central da investigação nutricional em cuidados paliativos.

Palavras-chave


Cuidados Paliativos; Assistência Alimentar e Nutricional; Nutricionista; Equipa Multidisciplinar; Estudo de Caso.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Levy MH, Back A, Benedetti C et al. Palliative Care Clinical Practice Guidelines in Oncology. J Natl Compr Canc Netw. 2009; 7: 436-473.

Lickiss JN, Turner KS, Pollock ML. The interdisciplinary team. In: Doyle D, Hanks G, Cherny N, and Calman, K. (eds). Oxford Textbook of Palliative Medicine. 3rd ed. Oxford: Oxford University Press; 2005, pp. 42-46.

Tong H, Insenring E, Yates P. The prevalence of nutrition impact symptoms and their relationship to quality of life and clinical outcomes in medical oncology patients. Supp Care Can. 2009; 17: 83-90.

Fearon K, Arends J, Baracos V. Understanding the mechanisms and treatment options in cancer cachexia. Nat Rev Clin Oncol. 2013; 10: 90-99.

Oberholzer R, Hopkinson, JB, Baumann K, et al. Psychosocial effects of cancer cachexia: a systematic literature search and qualitative analysis. J Pain and Symptom Manag. 2013; 46(1): 77- 95.

Demario Rl, Sousa AA, Salles RK. Comida de hospital: percepções de pacientes em um hospital público com proposta de atendimento humanizado. Ciênc Saúde Coletiva 2010;15: 1275-1282.

Felder S, Lechtenboehmer C, Bally M, et al. Association of nutritional risk and adverse medical outcomes across different medical inpatient populations. Nutrition. 2015;31(11-12):1385–1393.

Silva PB, Lopes M, Trindade LCT et al. Controlo dos sintomas de intervenção nutricional. Fatores que interferem na qualidade de vida de pacientes oncológicos em cuidados paliativos. Rev Dor São Paulo. 2010; 11(4):282-288.

Davidson I and Richardson R. The contribution of the dietician and nutritionist to palliative medicine. In: Doyle D, Hanks G, Cherny N and Calman K (eds). Oxford Textbook of Palliative Medicine. 3rd ed. Oxford: Oxford University Press; 2005, pp. 1047-1050.

Pinto IF, Pereira JL, Campos CJ, Thompson JL The Dietitian’s Role in Palliative Care: A Qualitative Study Exploring the Scope and Emerging Competencies for Dietitians in Palliative Care. J Palliat Care Med.2016; 6(2): 253.

Pinto IF, Campos CG, Nascimento RF, Pereira J, Gonçalves JAF. Assistência Alimentar e Nutricional em Cuidados Paliativos. Atas CIAQ – Investigação Qualitativa em Saúde Volume [periódico na Internet]. 2018 [acesso em 2018 Janeiro 13]; (2):1069-1074. Disponível em: http://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2017/article/view/1307/0

Yin RK. Estudo de Caso: Planejamento e métodos. 3ªed. Porto Alegre: Bookman; 2005.

Merriam S. Case study research in education: A qualitative approach. San Francisco, California: Jossey-Bass; 1988.

Miles MB and Huberman AM. Data management and analysis methods. In: Denzin NK and Lincoln YS (eds) Handbook of Qualitative Research. 2nd ed. Thousand Oaks, California: Sage; 1994, pp. 428-444.

Brasil. Ministério da Saúde. Conselho Nacional de Saúde. Comissão Nacional de Ética em Pesquisa. Normas de pesquisa envolvendo seres humanos. Resolução no 466. Brasília; Publicada no DOU nº 12 – quinta-feira, 13 de junho de 2013 – Seção 1 – Página 59. Disponível em: URL: http://conselho.saude.gov.br/resolucoes/2012/Reso466.pdf. Acessado em 2 de Fevereiro 2014.

Coutinho C. Avaliação da qualidade da investigação qualitativa: algumas considerações teóricas e recomendações práticas. In: Souza FN, Souza DN, Costa AP (eds). Investigação Qualitativa – Inovação, Dilemas e Desafios. 1ª ed. Aracaju, Sergipe: Editora Tiradentes; 2015.p: 103-124.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2018.8654

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia