Atuação do psicológo no hospital geral com pacientes de tentativa de suicídio: estudo fenomenológico

Anna Karynne Melo, Christina César Praça Brasil, Ivina Alencar de Fiqueiredo, Maisse Leoncio Catunda, Sarenne Pacheco Barbosa Carioca

Resumo


Objetivo: Identificar a importância que os psicólogos atribuem à sua atuação em um hospital geral junto a pacientes com tentativas de suicídio. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa de cunho fenomenológico, em que foram realizadas entrevistas a partir de uma pergunta disparadora, com o intuito de reconhecer como se dá a prática desse profissional com esse perfil de paciente. Resultados: Um dos dados obtidos reflete sobre a importância da inserção do profissional de psicologia no hospital geral, pois ele é capaz de atuar em um meio multidisciplinar de modo a trazer reflexões para os outros profissionais e de promover uma escuta atenta, uma postura empática e compreensiva com um paciente que agiu contra a própria vida. Além disso, foi possibilitada uma reflexão acerca do papel do psicólogo no processo de humanização dentro do ambiente hospitalar. Conclusão: A atuação do psicólogo hospitalar com a tríada paciente-família-equipe é essencial no processo de humanização, sendo esse profissional quem vai intermediar essa relação.

Palavras-chave


Suicídio; Atuação Psicologia; Pesquisa qualitativa.



DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2018.8752

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia