EDITORIAL

Sergio Henrique A. C. FORTE

Resumo


Nesta segunda edição de 2017 temos os seguintes números: cinco artigos com uso de métodos quantitativos e três qualitativos, observando aqui uma supremacia dos métodos quanti. Sete artigos
são teórico-empíricos, sendo um deles um estudo de caso, contra apenas um ensaio. Aqui se repete a esmagadora preferência por estudos teórico-empíricos. Dos oito trabalhos apresentados, um deles está em modo APA. Os autores brasileiros já começam a produzir trabalhos em modo APA objetivando uma visibilidade internacional. Quanto ao setor, quatro referem-se às organizações públicas, três a organizações privadas e um genérico, havendo um equilíbrio no binômio público-privado. Finalmente, quanto aos temas dois artigos tratam de comportamento do consumidor, sendo um deles na temática da espiritualização; os demais são divididos em gestão ambiental, finanças, contabilidade (transparência), ensino à distância, empreendedorismo e teoria neoinstitucional/ internacionalização.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia