EDITORIAL

Sergio Henrique A. C. FORTE

Resumo


Nesta segunda edição de 2017 temos os seguintes números: cinco artigos com uso de métodos quantitativos e três qualitativos, observando aqui uma supremacia dos métodos quanti. Sete artigos
são teórico-empíricos, sendo um deles um estudo de caso, contra apenas um ensaio. Aqui se repete a esmagadora preferência por estudos teórico-empíricos. Dos oito trabalhos apresentados, um deles está em modo APA. Os autores brasileiros já começam a produzir trabalhos em modo APA objetivando uma visibilidade internacional. Quanto ao setor, quatro referem-se às organizações públicas, três a organizações privadas e um genérico, havendo um equilíbrio no binômio público-privado. Finalmente, quanto aos temas dois artigos tratam de comportamento do consumidor, sendo um deles na temática da espiritualização; os demais são divididos em gestão ambiental, finanças, contabilidade (transparência), ensino à distância, empreendedorismo e teoria neoinstitucional/ internacionalização.

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia