Vida e obra tragicamente contraditórias de Friedrich Nietzsche

Paulo Dante Fornazier Leles Filho1, Sueli Teresinha de Abreu Bernardes2

Resumo


Resultado de uma pesquisa interdisciplinar em andamento, este artigo tem como finalidade apresentar uma análise biográfica e conceitual da vida e da obra de Friedrich Nietzsche por meio de uma leitura hermenêutica. Para isso, aspectos desde sua infância foram considerados para a melhor apreensão de sentidos que podem ter contribuído para a construção de sua personalidade e de seus posteriores conceitos. Além de sua infância, um momento de igual importância que teve especial enfoque foi sua formação escolar e acadêmica, uma vez que por meio destas o filósofo alemão tem seu primeiro contato com conteúdos e temáticas que lhe guiariam durante toda a vida. As contradições vividas por Friedrich Nietzsche foram também colocadas sob a luz da reflexão e investigação, tendo em vista sua grande contribuição para a formação de um filósofo que se daria como aquele que tudo destrói (filósofo do martelo). Ao final, é propõe-se expor a decadência tida pelo filósofo alemão até sua morte, bem como as consequências causadas por tal ocorrência.

Palavras-chave


Friedrich Nietzsche. Biografia. Interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180714.2017.32.2.148-163

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista de Humanidades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0714

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia