Consequências da personalidade borderline na adesão ao tratamento de dores crônicas

Brisa Burgos Dias Macedo, Catarina Nívea Bezerra B. Menezes, Josenília Maria Alves Gomes, Cristiane Von Werne Baes, Mario Francisco Juruena

Resumo


O Transtorno da Personalidade Borderline (TPB) é tema recorrente em saúde mental devido aos prejuízos acarretados aos aspectos emocionais, interpessoais, cognitivos, comportamentais e de identidade do paciente. O objetivo deste artigo radica em debater sobre a
interferência do TPB na adesão ao tratamento das dores crônicas e em como a Terapia Comportamental Dialética pôde ser aplicada neste
caso. Para tanto, foi realizado um estudo de caso, decorrentes dos atendimentos de Karla, paciente com TPB e diagnóstico de fibromialgia.
Notou-se que a situação de desregulação, bem como a baixa adesão ao tratamento, foi elemento importante para o baixo rendimento do
tratamento.

Palavras-chave


Transtorno da personalidade borderline. Terapia Comportamental Dialética. Dor crônica. Adesão.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180714.2017.32.2.193-203

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista de Humanidades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0714

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia