Mundo mágico dos contos de fadas: vozes das crianças

Josiane Peres Gonçalves, Marques de Souza Nunes

Resumo


O presente estudo tem por finalidade analisar a influência dos contos de fadas no processo de compreensão de situações vivenciadas pelas
crianças no cotidiano, estabelecendo relações com o imaginário infantil e com questões de gênero. A pesquisa, de natureza qualitativa, foi desenvolvida com 20 crianças, sendo um grupo do jardim III e outro do 4º ano do ensino fundamental, em que foram narrados os contos João e Maria e Chapeuzinho Vermelho. Em seguida, foram feitos questionamentos para analisar a opinião das crianças, sendo todo
o processo registrado através de filmagem. Os resultados indicam que, mediante os contos, o imaginário das crianças é estimulado e elas
estabelecem relações da história com a sua própria vida, externalizando seu pensamento sobre questões conflituosas, como medo, perdas,
morte, entre outras. Também reproduzem padrões culturais relativos a gênero, como se o masculino fosse o mais forte e inteligente, e o
feminino o mais frágil, dependente.

Palavras-chave


Contos de Fadas; Imaginário infantil; Gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180714.2018.8863

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista de Humanidades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0714

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia