A escuta analítica no espaço público

Tania Coelho dos Santos

Resumo


Apresentamos uma comparação preliminar, baseada numa experiência analítica em prática privada e outra que se desenrola na Vara da Infãncia e da Juventude de Terezópolis sobre a função paterna, a linguagem pública e a língua privada. Refletimos sobre a incidência do significante paterno, no caso de dois adolescentes afetados por um sintoma homossexual. Esse significante tem o efeito de vincular a linguagem pública, as significações recebidas, e a linguagem privada. Colocamos em evidência a diferença entre os contextos sociais desses adolescentes. Plavras-chave: função paterna, homossexualidade na adolescência, linguagem pública e privada, prática privada e em instituições.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia