A construção de um aparelho vocal em um adolescente psicótico: resultado terapêutico da Apresentação de Pacientes

Ana Lydia Santiago, Ana Maria Costa da Silva Lopes

Resumo


O presente trabalho apresenta os resultados terapêuticos da
Apresentação de pacientes em um adolescente psicótico, atendido
em um Serviço de Saúde Mental. A Apresentação de Pacientes
praticada neste Serviço inscreve-se como metodologia de pesquisa
para a análise diagnóstica e intervenção terapêutica de casos de
crianças e adolescentes considerados “criança-problema” em função das dificuldades manifestadas para a educação e para o
tratamento clínico. Trata-se de um Projeto de Pesquisa, Ensino e
Extensão da Universidade Federal de Minas Gerais em parceria com
a Secretaria de Saúde da cidade de Belo Horizonte e o Instituto de
Psicanálise e Saúde Mental de Minas Gerais. A proposição desse
espaço clínico surge como um recurso diante da emergência de
uma dificuldade própria à instalação da transferência na psicose,
que é a manifestação de fenômenos de caráter persecutório na
relação com o analista. O valor clínico da entrevista é atestado pelo
surgimento de algo inusitado na busca da emergência do sujeito. A
voz áfona do sujeito é convocada para representar o seu eu e isolase,
então, um elemento inicial a partir do qual o paciente constrói
uma ficção sintomática para aparelhar o gozo e mobilizar o real do
gozo do Outro. O que constitui o efeito terapêutico da Apresentação
de Pacientes, nesse caso, é a possibilidade de este sujeito poder se
representar por meio da construção de um aparelho vocal mediador,
que lhe torna possível a relação com o semelhante.
Palavras-chave: psicose, adolescência, resultados terapêuticos,
Apresentação de Pacientes, psicopatologia psicanalítica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.7.2.405%20-%20416

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia