A Vida por um Fio: Percepções sobre o Implante de Marcapasso Cardíaco Permanente

Manoel Antônio dos Santos, Fabio Scorsolini-Comin

Resumo


Este estudo descritivo e exploratório teve como objetivo examinar as percepções sobre o uso de marcapasso cardíaco permanente. Como estratégia metodológica utilizou-se o estudo de caso, na perspectiva psicanalítica. O corpus de análise foi composto pela estratégia da história de vida focal, operacionalizada por entrevista em profundidade. Foram identificadas as seguintes percepções: choque ao receber o diagnóstico, medo de morrer durante a cirurgia, implante do marcapasso como tábua de salvação, satisfação com o procedimento e preocupação constante dos familiares com o bem-estar da paciente. Os dados sugerem a necessidade de apoio psicológico ao paciente desde o momento do implante do dispositivo cardíaco. Nesse contexto, a escuta qualificada do inconsciente possibilita avançar na compreensão psicodinâmica de seu padecimento.

Palavras-chave


marca-passo, arritmia, psicossomática, estudo de caso

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.16.1.131-143

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia