Ato, Poder e Emancipação: Psicanálise e Vínculos Sociais

Guilherme Massara Rocha

Resumo


O artigo se propõe a uma releitura de um capítulo de Emancipação e diferença de Ernesto Laclau, com vistas a isolar e problematizar aspectos contemporâneos das noções de diferença, democracia e liberdade. Num diálogo entre as teses de Laclau e outras, oriundas principalmente das obras de Rancière, Todorov, Badiou e Lacan, busca-se discutir a tese de uma “totalidade inconsistente” como parâmetro para discussão do estatuto dos vínculos intersubjetivos e do laço social contemporâneos. Ao final, examina-se, a partir do diálogo dos autores mobilizados, a possibilidade de que a incorporação do precário, do vazio e da finitude às políticas identitárias e sociais coincida com o fim da emancipação e com o início da liberdade.


Palavras-chave


emancipação; diferença; laço social; sujeito

Texto completo:

PDF/A

Referências


Agamben, G. (2013). Qu’est-ce que le commandement? Paris: Bibliothèque Rivages.

Badiou, A. (1999). Como pensar filosoficamente a política. In C. Garcia (Org), Conferências de Alain Badiou no Brasil (177p). Belo Horizonte: Prefeitura Municipal/Autêntica.

Lacan, J. (2003). Respostas a estudantes de filosofia. In J. Lacan, Outros Escritos (939p.). Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. (Originalmente publicado em 1966).

Lacan, J. (1992). O seminário, livro 17: O avesso da psicanálise. Seminário dos anos de 1968-69. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed.

Laclau, E. (2011). Emancipação e diferença. Rio de Janeiro: Ed. UERJ.

Racière, J. (1998). Aux bords du politique. Paris: Folio Essais.

Rancière, J. (2005). A partilha do sensível: Estética e política. São Paulo: EXO Experimental/Ed. 34.

Todorov, T. (2012). Os inimigos íntimos da democracia. São Paulo: Cia. das Letras.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.rs.v18iEsp.6354

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia