Sobre a dialética entre capital, direito e educação e a necessidade de superação da ideologia jurídica

Diogo Mariano Carvalho de Oliveira, Jorge Sobral da Silva Maia

Resumo


Diante de transformações sociais fugazes e de graduais fissuras nos arranjos sociais contemporâneos, a presente pesquisa entende urgente o agenciamento de perspectivas e proposições críticas que principiem a apreensão efetiva desses novos fenômenos e que ensejem o prelúdio de uma abertura ontológica a novas formas de vida e de sociabilidade, esteando-se, para tanto, na breve tentativa de uma análise dialético-materialista do conceito de trabalho, direito e educação, a fim de que seja possível repensar efetivamente a produção concreta desses conceitos. Nesse sentido, a presente pesquisa propõe algumas considerações sobre os conceitos em questão, a fim de apresentar, a partir de uma dada perspectiva teórica e metodológica, uma leitura que suscite tanto o conteúdo efetivo desses conceitos quanto, consequentemente, em formas de repensá-los. Dessa maneira, o objetivo do trabalho é elucidar os conceitos elencados, mas também demonstrar criticamente a necessidade e a possibilidade da superação de seus atuais conteúdos. Para tanto, propõe-se que essa superação depende, essencialmente, da capacidade de se repensar os efeitos da ideologia jurídica, assim como de superar o atual bloco histórico, através da articulação de disputas hegemônicas que rompam ontologicamente com o atual estado de coisas e inaugurem uma nova forma de vida.

Palavras-chave


Crítica do direito. Marxismo. Ideologia. Educação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2317-2150.2018.6704

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Pensar: Rev. Pen., Fortaleza, CE, Brasil. e-ISSN: 2317-2150 Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia