A travessia da autonomia da mulher na pós-modernidade: da superação de vulnerabilidades à afirmação de uma pauta positiva de emancipação

Ana Carolina Brochado Teixeira, Renata de Lima Rodrigues

Resumo


O itinerário da mulher no Direito sempre foi marcado pela exclusão e invisibilidade. O presente artigo tem como objetivo analisar a travessia feminina em busca da ocupação do seu lugar como sujeito de direito concreto nos diversos influxos sociais e mudanças históricas. Pretende-se aprofundar em como as transformações influenciaram cronologicamente em aspectos específicos do desenvolvimento das mulheres. Além disso, objetivou-se verificar se, na contemporaneidade, houve evolução em busca da sua emancipação, principalmente no que toca à autonomia corporal, planejamento familiar e aborto.

Palavras-chave


Autonomia. Mulher. Vulnerabilidade. Emancipação. Aborto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2317-2150.2018.7777

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Pensar: Rev. Pen., Fortaleza, CE, Brasil. e-ISSN: 2317-2150 Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia