Um sistema de suporte à decisão para o monitoramento de secas meteorológicas em regiões semi-áridas.

Marcos Airton de Sousa Freitas

Resumo


Na Gestão de Recursos Hídricos em regiões semi-áridas, com, por exemplo, o Nordeste do Brasil, é de capital importância dispor-se de instrumental prático de auxílio à tomada de decisões, notadamente nos períodos de secas. Desenvolveu-se, então, um sistema de Suporte a Decisão para o monitoramento de secas no Estado do Ceará com base em índices metereológicos. Diversos índices foram adaptados e incorporado por um sistema de acompanhamento das características básicas dos períodos de seca, quais sejam, duração, severidade e intensidade, de modo que diferenciadas ações mitigadoras pudessem ser de fato implementadas, de acordo com os valores atingidos por esses parâmetros. No monitoramento da precipitação os seguintes índices metereológicos foram empregados: o RAI (Rainfall Anomaly Index), o BMDI(Bhalme & Mooley Drought Index), o HSI(Herbst Severity Index), bem como o LRDI(Lamb Rainfall Departure Index). Uma vantagem prática no uso desses índices é o acompanhamento quase que simultâneo(diário, semanal ou mensal, dependendo da disponibilidade dos dados) do grau de severidade e duração dos periodos secos, permitindo, com isso, tomar medidas efetivas e em tempo hábil, objetivando minorar os impactos ocasionados por uma seca.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180730.1998.V19.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia