Análise numérica da estrutura do mausoléu Castelo Branco pelo método dos elementos finitos

Ingryd Cândido Melo, José Régis Vieira Coutinho, Francisco de Assis Leandro Filho, Daniel Barros de Freitas, Brígida Miola Rocha, Bruno Aragão Martins de Araújo

Resumo


Monumentos históricos sempre estimularam o homem a estudá-lo devido as suas peculiaridades e aos poucos registros da época as quais foram construídos. O mausoléu de Castelo Branco é um desses patrimônios históricos culturais que apesar da importância arquitetônica e histórica, ainda é pouco estudado. Na tentativa de preencher esse campo do conhecimento, este trabalho visa estudar o mausoléu de Castelo Branco no tocante a sua história, a arquitetura e mais efetivamente sua estrutura. Para tal foi realizado uma análise numérica pelo Método dos Elementos Finitos, o qual é gerado uma malha por meio de uma divisão em pequenas e finitas regiões, através dos softwares ANSYS Student (versão 17.0) e AutoDesk Inventor Professional™ (2017) a fim obter as deformações e tensões sofridas pela estrutura. Foram gerados modelos da estrutura do mausoléu para serem representados e simulados pelos softwares mencionados. Os resultados foram comparados e então feito uma análise de quais modelos foram satisfatórios.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180730.2017.V38.1.67-81

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia