Estudo comparativo entre solo seixo e solo brita para fins de pavimentação

José Mamede Rebouças de Oliveira Júnior, Carla Beatriz Costa de Araújo, Thiago Moura da Costa Ayres

Resumo


Este artigo trata-se da análise comparativa das características mecânicas entre uma amostra de solo, classificada como uma A-2-4 segundo a classificação TRB, e suas misturas com brita e seixo rolado, visando a aplicação em camadas de sub-base e base de pavimentos rodoviários. Foram realizados ensaios de granulometria, limites de liquides e de plasticidade, densidade real dos grãos, compactação, abrasão Los Angeles e CBR considerando 7 situações, o solo in natura, acréscimo de 20%, 30% e 40% com brita e nas mesmas proporções com seixo rolado. Fez-se uma comparação com os resultados obtidos a fim de avaliar a influência dos agregados no ganho de resistência mecânica utilizando-se ambos os agregados, onde houve um aumento de, em média, 65% do CBR da mistura do solo seixo. Os resultados dos ensaios de CBR das misturas de solo brita foram, em média, 60% maiores que as misturas de solo seixo. Os resultados apresentam valores satisfatórios para a utilização das misturas tanto como material de sub-base, como material de base.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180730.2018.7905

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia