O uso da corrente crítica no planejamento de médio prazo em uma obra de construção civil

Ricardo Bastos Sales Júnior, Daniela Araújo Costa

Resumo


O aumento da competitividade entre as empresas, a globalização dos mercados, a constante necessidade de estar se adaptando a novas tecnologias, o maior nível de exigência dos clientes e a menor disponibilidade de recursos financeiros estão fazendo com que o setor da construção civil venha sofrendo várias alterações nos últimos anos, de tal forma que as empresas passaram a sentir necessidade de implantar e aprimorar os sistemas de planejamento e gerenciamento dos processos existentes. O presente trabalho tem o propósito de apresentar como a Teoria da Corrente Crítica pode ser utilizada no planejamento e gestão de obras de construção civil. Diante disso, foi realizado um estudo de caso em uma obra localizada na cidade de Fortaleza – CE, sendo abordado o processo de planejamento e monitoramento da respectiva obra, com foco no planejamento de médio prazo realizado e na utilização da Teoria da Corrente Crítica. As principais contribuições deste trabalho estão relacionadas às melhorias que podem ser proporcionadas ao gerenciamento de processos do setor da construção civil a partir da aplicação dos conceitos da Teoria da Corrente Crítica e do planejamento de médio prazo, resultando em um aumento da produtividade, uma redução do retrabalho e da multitarefa, uma maior integração e comprometimento por parte das equipes envolvidas no projeto, dentre outros benefícios.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23180730.2018.8264

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


”Licença
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia