Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Brasileira em Promoção da Saúde (RBPS), continuidade da Revista do Centro de Ciências da Saúde (RECCS), foi fundada em 1984 e baseia-se na Promoção da Saúde, contemplando políticas públicas, ambientes saudáveis, capacitação comunitária, desenvolvimento de habilidades individuais e coletivas e reorientação de serviços de saúde.

Tem como missão fomentar o desenvolvimento da Promoção da Saúde/Saúde Coletiva por meio da publicação cientifica advinda de ações e pesquisas de relevância e correlação com estas áreas.

Publica artigos com abordagens quantitativa e qualitativa, pesquisas de natureza descritiva, analítica, estudos clínicos, epidemiológicos e ambientais, que tenham como objetivo final a divulgação do conhecimento científico e seu impacto para a Promoção da Saúde e Saúde Coletiva/Pública.

A RBPS publica artigos originais, artigos de revisão e descrição de experiências.

A Revista Brasileira em Promoção da Saúde passa a implementar o formato de publicação contínua de artigos a partir de janeiro de 2019.

Este modelo apresenta as seguintes características: um volume ao ano, sem divisão em fascículos. Cada artigo finalizado será imediatamente publicado sem a necessidade de se formar uma edição.

A publicação é bilíngue com ACESSO ABERTO e gratuito pelo Portal de Periódicos da UNIFOR http://periodicos.unifor.br/RBPS

 

Políticas de Seção

Artigos Originais

Destina-se a divulgação de resultados de pesquisa inédita de natureza empírica, experimental ou conceitual (máximo de 6.000 palavras e 5 ilustrações).

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Artigos de Revisão

Destina-se a avaliações críticas e ordenadas da literatura sobre um determinado tema. Os artigos desta categoria são geralmente encomendados pelos editores a autores com comprovada experiência no assunto. Revisões não encomendadas são também aceitas, desde que expressem experiência do(s) autor(es) na área e sejam revisão sistemática da literatura (máximo de 8.000 palavras e 5 ilustrações).

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Descrição de Experiências

Destina-se a descrição por meio do relato de experiências da prática profissional em saúde fundamentada em evidência científica. Deve destacar conhecimentos vivenciados pelos autores e a relevância para a promoção da saúde.(máximo de 4.000 palavras e 3 ilustrações)

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Sendo compatível com a política editorial da revista e estando de acordo com as Diretrizes para autores, todos os artigos submetidos serão analisados pelo comitê editorial.

A seleção dos manuscritos para publicação ocorre em 2 fases: na primeira, os editores chefe e científico avaliam a qualidade científica, a clareza do texto e o interesse do tema para o público alvo da RBPS. Ao ser aprovado, na segunda fase o manuscrito é encaminhado para avaliação por dois pareceristas pertencentes ao comitê editorial, de reconhecida competência no assunto abordado.

Durante todo o processo de julgamento, de caráter duplo-cego, será mantido sigilo, sendo os referidos autores e pareceristas mantidos em anonimato. A decisão final de aceitação ou recusa do manuscrito caberá aos editores.

O prazo para a avaliação pelo Corpo Editorial ocorre em cerca de 180 dias, a contar do recebimento do manuscrito. Caso os pareceres sejam divergentes, um terceiro consultor dará o parecer final. Será encaminhado ao autor principal o parecer final do Conselho Editorial (aceito, aceito com modificações ou recusado).

Os comentários realizados pelos revisores serão encaminhados aos autores para que as modificações no texto ou as justificativas de sua conservação sejam redirecionadas para a revista em prazo de até 20 dias.

Os manuscritos reformulados entrarão na sequência de publicação eletrônica de acordo com a ordem cronológica dos documentos aprovados.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece ACESSO ABERTO a todos os artigos imediatamente após a publicação.

Segue o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público potencializa o ritmo da evolução cientifica, enriquece a educação e proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Politica de acesso aberto

A RBPS está disponível on line em acesso aberto e gratuito.

Política de acesso aberto - A RBPS adota o modelo de acesso aberto e desse modo é permitido a qualquer pessoa ler ou fazer download dos artigos publicados.

 

Política de publicação de suplementos editoriais

Os suplementos são coleções de artigos que versam sobre um tema ou tópico específico. No caso da Revista Brasileira em Promoção da Saúde (RBPS), sempre advindos de um evento científico e mantendo relação direta com o escopo da revista. Têm como finalidade facilitar a apresentação e a troca de resultados das pesquisas em saúde, além de incentivar a produção-técnico-científica sobre determinada temática, sendo necessário um contato prévio com a equipe editorial, a fim de estabelecer parcerias e acordos.
A Política de publicação de suplementos editoriais da RBPS encontra-se abaixo:
1. Excepcionalmente, e estando de acordo com a equipe editorial da RBPS, poderão ser publicados até dois suplementos ao ano, desde que sigam rigorosamente os critérios científicos e o escopo da revista.
2. Um suplemento pode ser publicado na revista nos seguintes formatos: a) como número “suplemento”, em formato de artigos; b) como número temático, em formato de artigos; c) como número especial, contendo parte ou o todo de um evento, em formato de artigos; d) como publicação de anais de um evento científico, em formato de resumos com até 250 palavras. Destacando-se que um mesmo evento não poderá ser publicado de formas distintas (anais e artigos, por exemplo).
3. Somente será considerado para publicação o artigo advindo de um evento científico cujo conteúdo for original e imparcial, com qualidade científica pertinente e atualizada, estando rigorosamente de acordo com as normas da RBPS.
4. Membros proponentes da publicação de um suplemento (comitê/comissão científica de um evento, por exemplo) são os responsáveis pelo processo de seleção, revisão, correção da norma Vancouver e formatação, além dos custos com a tradução dos resumos dos artigos submetidos à publicação na RBPS.
5. A equipe editorial (editora-chefe e editores científicos) da RBPS terá total controle sobre a qualidade dos artigos/resumos enviados pela comissão científica de um suplemento, podendo rejeitar aqueles que não estejam de acordo com o escopo, rigor científico e normas da RBPS.
6. Os princípios para autoria, conflitos de interesses e similaridade nos artigos de um suplemento são os mesmos adotados pela RBPS.
7. O número de artigos para publicação em um suplemento limita-se a até 15 artigos, com até 15 páginas cada, contendo de 10 a 20 referências. Em caso de publicações de anais de evento em formato de resumos, o número não deve exceder 150 resumos de até 250 palavras cada.
8. Caberá à RBPS e ao Conselho Superior de Editoração (CSE) o processo final de editoração e publicação, além da atribuição do DOI number (formato artigo) ou ISSN (formato anais de evento). Demais responsabilidades e custos caberão aos comitês científicos dos eventos.
A política acima descrita segue a recomendação do International Comittee of Medical Journals Editors (ICMJE), disponível em: http://www.icmje.org/recommendations/browse/publishing-and-editorial-issues/supplements-theme-issues-and-special-series.html.