Aspectos gerais da vida de imigrantes em abrigos para refugiados

Loeste de Arruda-Barbosa, Eliana Lúcia Monteiro da Silva Neta, Luiz Davi Guimarães Teixeira, Sarah Moura e Silva, Camila Oliveira Brasil, Nathacha Andreza Costa Leal

Resumo


Objetivo: Conhecer os aspectos gerais da vida de imigrantes venezuelanos em abrigos, com enfoque na alimentação, acesso aos serviços de saúde e principais fatores que motivaram a imigração para o Brasil. Métodos: Estudo qualitativo-exploratório, realizado no segundo semestre de 2019, mediante aplicação de 22 entrevistas semiestruturadas, com a participação de imigrantes abrigados em Boa Vista, Roraima, Brasil. Utilizou-se a técnica de análise de conteúdo para análise dos dados, emergindo quatro categorias temáticas: Viver no abrigo; Alimentação no abrigo; Saúde no abrigo e Escolha do Brasil como destino. Resultados: Não obstante os impasses, há sentimentos de gratidão por viver no Brasil. Viver no abrigo é ruim e difícil, pois o ambiente das barracas é quente, pequeno e com pouca privacidade, porém ressaltam que é melhor que viver nas ruas. Quanto à alimentação no abrigo, o suporte nutricional é satisfatório, com o fornecimento de três refeições balanceadas diariamente, embora às vezes insuficiente. Os participantes estão satisfeitos com os cuidados interdisciplinares em saúde e a distribuição de medicamentos, no entanto reclamam que o acesso aos serviços de saúde é limitado. A escolha do Brasil para imigrar deu-se pela sua posição econômica na América do Sul e, portanto, achavam que teriam mais chance de empregabilidade, bem como acesso à educação, à saúde e, pela proximidade geográfica a seu país. Conclusão: O estudo permitiu conhecer as principais razões que levaram os participantes a escolherem o Brasil como destino, além dos aspectos gerais da vida nos abrigos, com foco em saúde e alimentação.

Palavras-chave


Abrigo; Dinâmica Populacional; Emigração e Imigração; Abrigo de Emergência; Alimentação de Emergência

Texto completo:

PDF/A

Referências


Page KR, Doocy S, Ganteaume FR, Castro JS, Spiegel P, Beyrer C. Venezuela's public health crisis: a regional emergency. Lancet [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Mar 18];393(10177):1254-60. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(19)30344-7/fulltext

Fernández-Nino JA, Bojorquez-Chapela I. MigrationofVenezuelanstoColombia. Lancet [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Mar 18];392(10152):1013-4. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(18)31828-2/fulltext

Mendoza W, Miranda JJ. La inmigración venezolanaenel Perú: desafíos y oportunidades desde la perspectiva de lasalud. Rev Peru MedExpSalud Publica [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Mar 19];36(3):497-503. Disponível em: https://scielosp.org/article/rpmesp/2019.v36n3/497-503/es/

Ruseishvili S, Carvalho RC, Nogueira MFS. Construção social do estado de emergência e governança de migrações: o decreto estadual nº 24.469-E como divisor de águas. In: Baeninger R, Silva JCJ. Migrações Venezuelanas [Internet]. Campinas: UNICAMP; 2018 [acesso em 2020 Mar 19]. p. 57- 67. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/livros/mig_venezuelanas/migracoes_venezuelanas.pdf

Simões G, Cavalcanti L, Oliveira T, Moreira E, Camargo J. Perfil sociodemográfico e laboral da imigração venezuelana no Brasil [Internet]. Brasília: Conselho Nacional de Imigração; 2018 [acesso em 2020 Mar 19]. Disponível em: http://obmigra.mte.gov.br/index.php/publicacoes-obmigra

Arruda-Barbosa L, Sales AFG, Torres MEM. Impacto da migração venezuelana na rotina de um hospital de referência em Roraima, Brasil. Interface (Botucatu) [Internet]. 2020 [acesso em 2020 Maio 22];24:e190807. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S141432832020000100237&lng=pt

Arruda-Barbosa L, Sales AFG, Souza ILL. Reflexos da imigração venezuelana na assistência em saúde no maior hospital de Roraima: análise qualitativa. Saude Soc. No prelo 2020.

Rocha CA. A importância da função logística transporte para o desdobramento da Operação Acolhida. Doutrina Mil Terrestre Ver [Internet]. 2020 [acesso em 2020 Maio 21];1(21):28-37. Disponível em: http://ebrevistas.eb.mil.br/index.php/DMT/issue/view/565

Kanaan Cel, Tassio Maj, Sidmar 2ºTen. Ações do exército brasileiro na ajuda humanitária aos imigrantes venezuelanos. In: Baeninger R, Silva JCJ. Migrações Venezuelanas. Campinas: UNICAMP; 2018 [acesso em 2020 Mar 19]. p. 68-71. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/livros/mig_venezuelanas/migracoes_venezuelanas.pdf

Cruz-Junior SJ. A operação acolhida e a imigração venezuelana em Roraima. Pensar Acadêmico [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Mar 20];17(3):430-47. Disponível em: http://pensaracademico.unifacig.edu.br/index.php/pensaracademico/article/view/1133

Souza WRO. O indispensável apoio das Forças Armadas às atividades de acolhimento e interiorização de imigrantes na Operação Acolhida. Rev Exército Brasileiro [Internet]. 2019 [acesso 2020 Maio 21]; 55(3):93-101. Disponível em http://ebrevistas.eb.mil.br/index.php/REB/article/view/3322

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.446, de 11 de nov de 2014 [Internet]. Redefine a Política Nacional de Promoção da Saúde (PNPS). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 13 nov 2014 [acesso em 2020 Maio 20]. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/80031233/dou-secao-1-13-11-2014-pg-68?ref=serp

Turato ER. Métodos qualitativos e quantitativos na área da saúde: definições, diferenças e seus objetos de pesquisa. Rev Saúde Pública [Internet]. 2005 [acesso em 2020 Maio 21];39(3):507-14. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102005000300025&script=sci_arttext

Nascimento LCN, Souza TV, Oliveira ICS, Moraes JRMM, Aguiar RCB, Silva LF. Theoretical saturation in qualitative research: an experience report in interview with schoolchildren. Rev Bras Enferm [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Mar 19];71(1):228-33. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672018000100228

Dworkin SL. Sample size policy for qualitative studies using in-depth interviews. Arch Sex Behav [Internet]. 2012 [acesso em 2020 Maio 22];41:1319-20. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10508-012-0016-6

Duarte R. Entrevistas em pesquisas qualitativas. Educar Rev [Internet]. 2004 [acesso em 2020 Maio 22];20(24):213-25. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/2216/1859

Manzini EJ. Entrevista semi-estruturada: análise de objetivos e de roteiros. Anais do Seminário Internacional sobre Pesquisa e Estudos Qualitativos; 2004; Bauru. Bauru: USC; 2004. p. 1-10.

Malinowski B. Os argonautas do pacífico ocidental. São Paulo: Abril Cultural; 1984.

Operação acolhida [Facebook] [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Fev 10]. Disponível em: https://www.facebook.com/opacolhida/photos/a.511453239602344/518460185568316/?type=3 HYPERLINK

Universidade Estadual de Roraima. Palestra e visitação aos abrigos de imigrantes em Roraima [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Mar 18]. Disponível em: https://www.uerr.edu.br/palestra-sobre-operacao-acolhida/

Bardin L. Análise de conteúdo. 4ª ed. Lisboa: Edições 70; 2010.

Beserra LC Neta, Silva GDFN. A influência dos elementos climáticos e a variação da ocorrência de focos de calor no espaço geográfico de Roraima. Textos Debates [Internet]. 2004 [acesso em 2020 Maio 22];1(7):61-5. Disponível em: https://revista.ufrr.br/textosedebates/article/view/3506/1960

Barakat S. Housing Reconstruction After Conflict and Disaster. Londres: HPN; 2003.

Lopes DC, Costa DS, Soares EL, Furtado JR, Alves LM, Solino MN, et al. Gestão de riscos e de desastres: contribuições da psicologia. Florianópolis: CEPED-UFSC; 2010.

Massarani MAL, Kretzer J. Abrigos temporários para desastres: características e realidade. Rev Ordem Pública [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Fev 25]; (1). Disponível em: https://rop.emnuvens.com.br/rop/article/view/118

Fraser B, Hildegard W. Venezuela: aid needed to ease health crisis. Lancet [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Fev 25];388(10048):947-9. Disponível em: https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(16)31523-9/fulltext

Guerra K, Ventura M. Bioética, imigração e assistência à saúde: tensões e convergências sobre o direito humano à saúde no Brasil na integração regional dos países. Cad Saúde Colet [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Fev 25];25(1):123-9. Disponível em:https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-462X2017000100123&script=sci_abstract&tlng=pt

Paula LF, Pires M. Crise e perspectivas para a economia brasileira. Estud Av [Internet]. 2017 [acesso em 20 Mar 2020];31(89):125-44. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142017000100125

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O que é desemprego [Internet]. [2019] [acesso em 2020 Mar 19]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/explica/desemprego.php

Diretoria de Análise de Políticas Públicas. Refúgio no Brasil: avanços legais e entraves burocráticos [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Maio 22]. Disponível em: http://dapp.fgv.br/refugio-no-brasil-avancos-legais-e-entraves-burocraticos/

Lima JCF, Fernandes G. Migrantes em Roraima (Brasil): a massificação dos termos acolher/acolhimento [Internet]. Roraima: Universidade Federal de Roraima; 2019 [acesso em 2020 Maio 22]. Disponível em:http://ufrr.br/antropologia/index.php?option=com_content&view=article&id=115:migrantes-em-roraima-brasil-a-massificacao-dos-termos-acolher-acolhimento&catid=2&Itemid=102

Venezuelan A, Ausman J. The devastating Venezuelan crisis. Surg Neurol Int [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Mar 24];10:145. Disponível em: https://surgicalneurologyint.com/surgicalint-articles/the-devastating-venezuelan-crisis-2/

The collapse of the Venezuelan health system. Lancet. 2018;(391):1331.

Roa AC. Sistema de saluden Venezuela: ¿un paciente sinremedio? Cad Saúde Pública [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Fev 25];34(3):1-12. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-311X2018000305003&lng=pt&nrm=iso&tlng=es

Santos E. A educação como direito social e a escola como espaço protetivo de direitos: uma análise à luz da legislação educacional brasileira. Educ Pesqui [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Mar 20];45. Disponível em:"http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022019000100508&lng=en&nrm=iso"nrm=iso

Marchao T. Transporte caro ou dias a pé: como é a travessia dos venezuelanos para viver no Brasil. Uol Notícias [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Maio 22]. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2018/02/26/fronteira-venezuela-pacaraima.htm




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2020.10734

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia