Funcionalidade e força muscular estão associadas ao risco e medo de quedas em idosos?

Daniel Vicentini Oliveira, Naelly Renata Saraiva Pivetta, Felipe Carmona Yamashita, Matheus Amarante Nascimento, Natália Quevedo Santos, José Roberto Andrade Nascimento Júnior, Sonia Maria Marques Gomes Bertolini

Resumo


Objetivo: Investigar se o nível de funcionalidade e a força muscular estão associados ao risco de queda e ao medo de cair em idosos. Métodos: Estudo transversal, realizado com 80 idosos, de março a agosto de 2019, no município de Maringá, Paraná, Brasil. Para avaliação, aplicaram-se: um questionário sociodemográfico, o WHODAS 2.0, a Escala Internacional de Eficácia de Quedas, o teste de levantar e sentar na cadeira, o teste de flexão de antebraço, além do teste sentado, caminhada de 2,44m e voltar a sentar. Para análise dos dados, utilizaram-se a correlação de Pearson e análise de regressão múltipla (p<0,05). Resultados: Os domínios de funcionalidade e a força muscular explicam 40% da variância nas pontuações do medo de quedas, no entanto apenas os domínios de autocuidado (β=0,409) e AVD (β=0,379) apresentaram associação significante (p<0,05) e positiva com o medo de quedas. Os domínios de funcionalidade e a força muscular explicam 51% da variância das pontuações do risco de queda, sendo que apenas o domínio de relações interpessoais (β=-0,340), a força muscular de membros superiores (β=-0,512) e a força muscular de membros inferiores (β=-0,192) apresentaram associação significante (p<0,05) e negativa com o risco de quedas. Conclusão: Observa-se que, na população de idosos em questão, as medidas de funcionalidade e a força muscular estão associadas ao risco de queda e ao medo de cair.

Palavras-chave


Idoso; Exercício Físico; Equilíbrio postural; Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde

Texto completo:

PDF/A

Referências


Mendonça TV, Rego AS, Mendonça FMA, Silva, Vieira JNL. Efeitos do uso de um programa cinesioterapêutico na força de preensão manual de idosas. Rev Investig Bioméd [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Jul 15];10(1):56-8. doi:

24863/rib.v10i1.175

Thompson WRDLS, Pescatello RA. Diretrizes do ACSM-para os testes de esforço e sua prescrição. Rio de Janeiro: Ganabara Koogan; 2010.

Ribeiro DKDMN, Lenardt MH, Lourenço TM, Betiolli SE, Seima MD, Guimarães CA. The use of the functional independence measure in elderly. Rev Gaucha Enferm. 2018;38(4).

Fernandes KC, Oliveira RC, Freitas AC, Souza AA, Lopes RA. Associação entre função física e incapacidade autorrelatada em idosos comunitários: uma abordagem de acordo com o Modelo de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde. ConScientiae Saúde [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Jul 15];18(2):209-17. doi: 10.5585/conssaude.v18n2.11142

Bizovska L, Svoboda Z, Janura M, Bisi MC, Vuillerme N. Local dynamic stability during gait for predicting falls in elderly people: a one-year prospective study. PLoS One [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Jul 15];13(5):0197091. doi: 10.1371/journal.pone.0197091

Moraes SA, Soares WJS, Lustosa LP, Bilton TL, Ferrioli E, Perracini MR. Characteristics of falls in elderly persons residing in the community: a population-based study. Rev Bras Geriatr Gerontol [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Jul 15];20(5):691-701. doi: 10.1590/1981-22562017020.170080

Silva IGP, Peruzzo HE, Lino IGT, Marquete VF, Marcon SS. Perfil sociodemográfico e clínico de idosos em risco de quedas no sul do Brasil. J Nurs Heal [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Jul 15];9(3):1-12. doi: 10.15210/jonah.v9i3.16808

Oliveira T, Baixinho CL, Henriques MA. Risco multidimensional de queda em idosos. Rev Bras Promoç Saúde [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Jul 15];31(2):1-9. doi: 10.5020/18061230.2018.7058

World Health Organization. Global recommendations on physical activity for health [Internet]. 2010 [acesso em 2020 Jul 15]. Disponível em: https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/44399/9789241599979_eng.pdf;jsessionid=6EFD1359778000FB8E42EA85A4C8DB32?sequence=1

Soares WJS, Moraes SA, Ferriolli E, Perracini MR. Fatores associados a quedas e quedas recorrentes em idosos: estudo de base populacional. Rev Bras Geriatr Gerontol [Internet]. 2014 [acesso em 2020 Jul 15];17(1):49-60. doi: 10.1590/S1809-98232014000100006

Santos RKM, Maciel ÁCC, Britto HMJS, Lima JCC, Souza TO. Prevalência e fatores associados ao risco de quedas em idosos adscritos a uma Unidade Básica de Saúde do município de Natal, RN, Brasil. Cienc Saude Colet [Internet]. 2015 [acesso em 2020 Jul 15];20(12):3753-62. doi: 10.1590/1413-812320152012.00662015

Morsch P, Myskiw M, Myskiw JC. A problematização da queda e a identificação dos fatores de risco na narrativa de idosos. Cienc Saude Colet [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Jul 15];21(11):3565-74. doi: 10.1590/1413-812320152111.06782016

Rezende CP, Gaede-Carrillo MRG, Sebastião ECO. Queda entre idosos no Brasil e sua relação com o uso de medicamentos: revisão sistemática. Cad Saude Publica [Internet]. 2012 [acesso em 2020 Jul 15];28(12):2223-35. doi: 10.1590/S0102-311X2012001400002

Santos SCA, Figueiredo DMP. Preditores do medo de cair em idosos portugueses na comunidade: um estudo exploratório. Cienc Saude Colet [Internet]. 2019 [acesso em 2020 Jul 15];24(1):77-86. doi: 10.1590/1413-81232018241.29932016

Pinheiro PA, Passos TD-RO, Coqueiro RS, Fernandes MH, Barbosa AR. Desempenho motor de idosos do Nordeste brasileiro: diferenças entre idade e sexo. Rev Esc Enferm USP [Internet]. 2013 [acesso em 2020 Jul 15];47(1):128–36. doi: 10.1590/S0080-62342013000100016

Brucki SMD, Nitrini R, Caramelli P, Bertolucci PHF, Okamoto IH. Sugestões para o uso do mini-exame do estado mental no Brasil. Arq Neuropsiquiatr [Internet]. 2003 [acesso em 2020 Jul 15];61(3B):777-81. doi: 10.1590/S0004-282X2003000500014

Camargos FFO, Dias RC, Dias JMD, Freire MTF. Adaptação transcultural e avaliação das propriedades psicométricas da Falls Efficacy Scale – International em idosos brasileiros (FES-I-BRASIL). Rev Bras Fisioter [Internet]. 2010 [acesso em 2020 Jul 15];14(3):237-43. doi: 10.1590/S1413-35552010000300010

Silva C, Coleta I, Silva AG, Amaro A, Alvarelhao J, Queiros A, et al. Adaptação e validacao do WHODAS 2.0 em utentes com dor musculoesqueletica. Rev Saude Pública [Internet]. 2013 [acesso em 2020 Jul 15];47(4):752-8. doi: 10.1590/S0034-8910.2013047004374

Rikli RE, Jones CJ. Teste de Aptidão Física para Idosos. São Paulo: Manole; 2008.

Tabachnick B, Fidell L. Using Multivariate Statistics. [Local desconhecido]: Allynand; 2001.

Borges V, Silva N, Malta AC, Xavier NC, Santana Bernardes LE. Falls, Muscle Strength, and Functional Abilities in Community-Dwelling Elderly Women. Arch Phys Med Rehabil [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Jul 15];98(10):e22. doi: 10.1590/1980-5918.030.002.ao16

Howcroft J, Lemaire ED, Kofman J, McIlroy WE. Elderly fall risk prediction using static posturography. PLoS One [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Jul 15]21;12(2):e0172398. doi: 10.1371/journal.pone.0172398

Costa LSV, Sousa NM, Alves AG, Alves FAVB, Araújo RF, Nogueira MS. Análise comparativa da qualidade de vida, equilíbrio e força muscular em idosos praticantes de exercício físico e sedentários. Rev Fac Montes Belos [Internet]. 2015 [acesso em 2020 Jul 15];8(3):161-79. Disponível em: http:// http://revista.fmb.edu.br/index. php/fmb/article/view/190/179

Souza L, Coelho B, Freire B, Delevatti R, Roncada C, Tiggemann C, et al. Comparação dos níveis de força e equilíbrio entre idosos praticantes de musculação e de hidroginástica. Rev Bras Ativ Fís Saúde [Internet]. 2014 [acesso em 2020 Jul 15];19(5). doi: 10.12820/rbafs.v.19n5p647

Gonçalves AK, Griebler EM, Possamai VD, Costa RR, Martins VF. Idosos caidores e não caidores: programa de exercício multicomponente e prevalência de quedas. ConScientiae Saúde [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Jul 15];16(2):187-93. doi: 10.5585/conssaude.v16n2.6987

Castro Finamore ALM. Efeito dos exercícios multimodais na prevenção de quedas em idosos ativos revisão de literatura [trabalho de conclusão de curso] [Internet]. Belo Horizonte: UFMG; 2019 [acesso em 2020 Jul 15]. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/handle/1843/30520

Pivetta NRS, Marincolo JCS, Neri AL, Aprahamian I, Yassuda MS, Borim FSA. Multimorbidity, frailty and functional disability in octogenarians: A structural equation analysis of relationship. Arch Gerontol Geriatr [Internet]. 2020 [acesso em 2020 Jul 15];86:103931. doi: 10.1016/j.archger.2019.103931

Crizzle AM, Dykeman C, Laberge S, MacLeod A, Olsen-Lynch E, Brunet F, et al. A public health approach to mobilizing community partners for injury prevention: a scoping review. PLoS one. 2019;14(1).

Grysztar M, Duplaga M, Wojcik S, Rodzinka M. Eficácia de intervenções de promoção da saúde lideradas por pares dirigidas a idosos: revisão sistemática Marcin Grysztar. Eur J Public Health. 2017;27(suppl_3).




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2021.10903

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia