Qualidade de vida e condições ergonômicas em trabalhadores de um laboratório de saúde pública

Hilda Aparecida Felício, Susilene Maria Tonelli Nardi, Pryscilla Mychelle da Silva Paula, Heloisa da Silveira Paro Pedro, Vânia Del’Arco Paschoal

Resumo


Objetivo: Avaliar a qualidade de vida, a presença de dor e as condições ergonômicas dos profissionais de um laboratório de saúde pública. Métodos: Estudo transversal e descritivo que avaliou 49 (90,7%) profissionais de um laboratório de saúde pública, entre julho de 2014 e setembro de 2015, por meio de dados sociodemográficos e dos protocolos Short Form Health Survey (SF-36), Rapid Upper Limb Assessment (RULA) e Escala Visual Analógica da Dor (EVA). Para a análise descritiva das variáveis clínicas e sociodemográficas e a associação dos dados, utilizou-se o EPI Info, versão 7.2, considerando significantes p<0,05. O software Ergolândia, versão 6.0, analisou o resultado/escore Rapid Upper Limb Assessment (RULA). Resultados: Predomínio do sexo feminino (93,1%), casadas (57,1%), com média de idade 42,7(DP 13,4), 15 anos de estudo e renda acima de três salários (61,2%). Os participantes que apresentaram baixa qualidade de vida relacionada à “saúde mental” tiveram maior risco ergonômico avaliado pelo RULA (p<0,05). Nenhum participante apresentou postura laboral aceitável. Todos (100%) tinham algum grau de dor. As dores moderada e intensa têm relação de forma negativa com a qualidade de vida nos seguintes domínios do SF-36: “estado geral de saúde”, “dor,” “vitalidade” e “saúde mental” (p<0,05). Conclusão: Todos os participantes apresentam alguma dor, independente da idade ou da função. A saúde física autorrelatada e os escores obtidos por meio da EVA revelaram que as dores moderada e intensa influenciam de forma negativa a qualidade de vida e, de acordo com o RULA, nenhum participante apresenta postura laboral aceitável.

Palavras-chave


Ergonomia; Qualidade de Vida; Postura; Dor; Pessoal de Saúde

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


Organização Internacional do Trabalho, Departamento de Políticas de Emprego. Guia para a formulação de políticas nacionais de emprego [Internet]. 2013 [acesso em 2020 Jul 15]. Disponível em: https://www.ilo.org/wcmsp5/groups/public/---ed_emp/---emp_policy/documents/publication/wcms_214960.pdf

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (BR); Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde 2013: percepção do estado de saúde, estilo de vida e doenças crônicas [Internet]. Rio de Janeiro: IBGE, 2014 (acesso em 2020 Jul 15). Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv91110.pdf

Lara S, Graup S, Balk RS, Teixeira LP, Farias AD, Alves GB, et al. Associação entre o equilíbrio postural e indicadores antropométricos em escolares. Rev Paul Pediatr [Internet]. 2018 [acessado em 2019 Dez 10];36(1):59-65. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-05822018000100059&lng=en

Zavarizzi CP, Alencar MCB. Afastamento do trabalho e os percursos terapêuticos de trabalhadores acometidos por LER/Dort. Saúde Debate [Internet]. 2018 [acessado em 2019 Nov 12]; 42(116):113-24. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-11042018000100113&lng=en

Souchard PE. Reeducação Postural global (Método do Campo Fechado). 4ª ed. São Paulo: Cone; 2011.

Velasco-Key KM. Análisis de las posturas por instrumentadores quirúrgicos durante cirúrgia. Rev Salud Pública [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Out 19];19(1). Disponível em: https://scielosp.org/article/ rsap/2017.v19n1/112-117/es/

Onety GCS, Leonel DV, Saquy PC, Silva GP, Ferreira B, Varise TG, et al. Analysis of endodontist posture utilizing cinemetry, surface electromyography and ergonomic checklists. Braz Dental J [Internet]. 2014 [acesso em 2020 Mar 26];25(6):508-18. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-64402014000600508

Carregaro RL, Toledo AM, Christofoletti G, Oliveira AB, Cardoso JR, Padula RS. Association between work engagement and perceived exertion among healthcare workers. Fisioter Mov [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Out 17];26(3):579-85. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-51502013000300011

Couto HA. Como implantar ergonomia na empresa, a prática dos comitês de ergonomia. Belo Horizonte: Ergo; 2002.

Saliba T, Machado A, Garbin A. Análise ergonômica do atendimento clínico odontológico. Revista ABENO [Internet]. 2016 [ acesso em 2020 Jan 27];16(3):96-105. Disponível em: https://revabeno.emnuvens.com.br/revabeno/article/view/284

Teixeira VMF. Citotécnico: análise do processo de trabalho em laboratórios de citopatologia e anatomopatologia no Estado do Rio de Janeiro [tese]. Rio de Janeiro: Universidade do Estado do Rio de Janeiro; 2015.

McAtamney L, Nigel Corlett E. RULA: a survey method for the investigation of work related upper limb disorders. Appl Ergon [Internet]. 1993 [acesso em 2019 Jul 17];24(2):91-9. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/000368709390080S?via%3Dihub

Nohara SSB, Bonifácio SR, Lemos LC. Physical therapy intervention in physical stress and pain in Caregivers of children with cerebral palsy. Rev Bras Promoç Saúde [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Jan 20];30(4):1-7. Disponível em: https://search.proquest.com/openview/4031bd87f91b3a30d3c181098ff6dc1b/1?pq-origsite=gscholar&cbl=2046042

Ciconelli RM, Ferraz MB, Santos W, Meinão I, Quaresma MR. Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36). Rev Bras Reumatol [Internet]. 1999 [acesso em 2019 Dez 11];39(3):143-50. Disponível em: https://www.ufjf.br/renato_nunes/files/2014/03/Valida%c3%a7%c3%a3o-do-Question%c3%a1rio-de-qualidade-de-Vida-SF-36.pdf

Martínez VM, Callejo- Dominguez JM, Beltrán-Iasco I, Peréz-Carmona N, Abellán-Miralles G, Gonzáles-Cabalerro G, et al. Folletos de información educativa em migraña: satisfacción percebida em um grupo de pacientes. Neurología [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Dez 04];30(8):472-8. Disponível em: https://reader.elsevier.com/reader/sd/pii/S0213485314001182?token=34F7737EB648BBE498385FFB93C9CA99AC394FEFF34715BB8C3F9622A3F5A73EEECFB6278DCE46A4E633BF1EEC39AE15

Santos M, Guerreiro M, Hamada A, Santos K, Luciano L. Percepção sobre ergonomia pelos acadêmicos de Odontologia de uma faculdade privada de Imperatriz-MA. Rev Odont Araç [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Dez 05];38(1):19-26. Disponível em: https://apcdaracatuba.com.br/revista/2017/04/TRABALHO3.PDF

Fernandes RCP, Pataro SMS, Carvalho RB, Burdorf A. The concurrence of musculoskeletal pain and associated work-related factors: a cross sectional study. BMC Public Health [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Dez 05];16:628. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4957833/

Reis AH, Brito MS, Simioni P. Gerenciamento da renda familiar por jovens casais. Pensando Fam [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Dez 04];21(2):28-44. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1679-494X2017000200004

Baumert P, Lake MJ, Stewart CE, Drust B, Erskine RM. Genetic variation and exercise induced muscle damage: implications for athletic performance, injury and ageing. Eur J Appl Physiol. 2016;(116):1595-625.

Macedo MLM, Amaral AKFJ. Oficina de expressividade vocal para pessoas idosas. Rev Pesqui Cuid Fundam. 2018;10(3):208-11.

Makofsky HW. Coluna vertebral Terapia Manual. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2006.

Pacheco ES, Sousa ARR, Sousa PTM, Rocha AF. Prevalence of musculoskeletal symptoms related to nursing work in the hospital field. Rev Enferm UFPI [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Dez 04];5(4):31-7. Disponível em: https://revistas.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/5387

Longen WC, Barcelos LP, Karkle KK, Schutz FS. Avaliação da incapacidade e qualidade de vida de trabalhadores da produção de indústrias cerâmicas. Rev Bras Med Trab [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Dez 04];16(1):10-8. Disponível em: https://www.rbmt.org.br/details/288/pt-BR/avaliacao-da-incapacidade-e-qualidade-de-vida-de-trabalhadores-da-producao-de-industrias-ceramicas

Gomes M, Carvalho N, Nisihara R. Análise da qualidade de vida dos costureiros e sua relação com o vínculo empregatício. Rev Bras Med Trab [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Dez 04];14(3):237-44. Disponível em: https://www.rbmt.org.br/details/117/pt-BR/analise-da-qualidade-de-vida-dos-costureiros-e-sua-relacao-com-o-vinculo-empregaticio

Corrêa TRMFC, Cintra MMMC, Paulino TP. Avaliação da qualidade de vida de praticantes de ginástica laboral. Medicina (Ribeirão Preto, Online) [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Dez 04];50(1):11-7. Disponível em: http://revista.fmrp.usp.br/2017/vol50n1/AO2-Avaliacao-da-qualidade-de-vida-de-praticantes-de-ginastica-laboral.pdf

Vasconcelos T, Cardoso A. Análise ergonômica e postural dos citologistas de um hospital na cidade de Fortaleza (CE). Saúde e Pesqui. 2016;9(2):333-41.

Ribeiro WRB, Gondim SMG, Pereira CR. Personalidade e bem-estar subjetivo de trabalhadores: moderação da regulação emocional. Arq Bras Psicol [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Dez 04];70(1):69-85. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1809-52672018000100017&lng=pt&nrm=iso

Back Netto M, Barranco ABS, Oliveira KWK, Petronilho F. Influência dos sintomas de ansiedade e depressão na qualidade de vida de pacientes submetidos à cirurgia de coluna lombar. Rev Bras Ortop [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Dez 04];53(1):38-44. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-36162018000100038&script=sci_arttext&tlng=pt

Klein S, Fofonk A, Hirdes A, Jacob M. Qualidade de vida e níveis de atividade física de moradores de residências terapêuticas do sul do Brasil. Ciênc Saúde Colet [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Dez 04];23(5):1521-30. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232018000501521

Gouveia MTO, Santana HS, Santos AMR. Quality of life and welfare of nursing university students: integrative review. Rev Enferm UFPI [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Dez 04];6(3):72-8. Disponível em: https://revistas.ufpi.br/index.php/reufpi/article/view/6074




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2021.11017

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia