Produção científica em saúde coletiva pós-implantação do Programa Nacional de Segurança do Paciente

Alcides Viana de Lima Neto, João Pedro de Santana Silva, Isabela Dantas Torres de Araújo, Vilani Medeiros de Araújo Nunes

Resumo


Objetivo: Caracterizar as dissertações e teses produzidas nos programas de pós-graduação da área da saúde coletiva relacionadas à segurança do paciente pós-implantação do Programa Nacional de Segurança do Paciente no Brasil. Métodos: Trata-se de pesquisa documental, de abordagem quantitativa, desenvolvida a partir da coleta de dados de dissertações e teses disponíveis no Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, acessado por meio eletrônico. Os dados foram obtidos em março de 2019 e analisados por estatística descritiva simples. Resultados: A maioria das pesquisas foi desenvolvida nos cursos stricto sensu de mestrado profissional (73,02%) e acadêmico (23,81%). Em relação às instituições de ensino superior, o maior percentual se caracterizou como pública (85,72%) e da região Nordeste (50,17%). Dos estudos, 63,49% não estavam relacionados com nenhum dos protocolos básicos de segurança do paciente. Conclusão: Identificou-se maior investigação em nível de mestrado, bem como o desenvolvimento de pesquisas predominantemente em hospitais, e que abordam, com maior intensidade, a segurança no uso de medicamentos, a cultura de segurança nos serviços de saúde e os incidentes e eventos adversos nos serviços de saúde.

Palavras-chave


Segurança do Paciente; Pesquisa; Saúde Coletiva.

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


World Health Organization. World Alliance for Patient Safety [Internet]. Genebra: WHO; 2004 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: http://www.who.int/patientsafety/worldalliance/en/

Ministério da Saúde (PT). Plano nacional para a segurança dos doentes 2015-2020 [Internet]. Lisboa: Ministério da Saúde; 2015 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: https://www.dgs.pt/departamento-daqualidade-na-saude/ficheiros-anexos/plano-nacional-para-a-seguranca-dos-doentes-2015-2020-pdf.aspxl

Ministério da Saúde (ES). Estratégia de Seguridad del Paciente del Sistema Nacional de Salud: período 2015-2020. Madrid: Ministério da Saúde; 2015.

Ministério da Saúde (BR). Portaria No 529, de 1o de abril de 2013. Institui o Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP) [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2013 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: http://www.igilanciasanitaria.sc.gov.br/index.php/download/category/124-servicos-desaude?download=859:portaria-msn-529-2013-seguranca-do-paciente

Agodi A, Barchitta M, Auxilia F, Brusaferro S, D’Errico MM, Montagna MT, et al. Epidemiology of intensive care unit-acquired sepsis in Italy: results of the SPIN-UTI network. Ann Ig. 2018;30(5 Supple 2):15-21.

Maia CS, Freitas DRC, Gallo LG, Araújo WN. Notificações de eventos adversos relacionados com a assistência à saúde que levaram a óbitos no Brasil, 2014-2016. Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Dez 5];27(2). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2237-96222018000200308&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Presidência da República (BR). Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional [Internet]. Brasília: Presidência da República; 1996 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L9394.htm

Ministério da Educação (BR). Cursos Avaliados e Reconhecidos [Internet]. Brasília: Ministério da Educação; 2019 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/programa/quantitativos/quantitativoIes.jsf?areaAvaliacao=22&areaConhecimento=40600009

Ministério da Educação (BR). Documento de área 2013 [Internet]. Brasília: Ministério da Educação; 2013 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=sites&srcid=Y2FwZXMuZ292LmJyfHRyaWVuYWwtMjAxM3xneDo0NWYwMmU5OGRjNTkyOWYz

Martins M, Mendes W. Safe care: an additional challenge for healthcare organizations. Cad Saude Publica [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Dez 5];32(10). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2016001000201&lng=pt&tlng=pt

Prodanov CC, Freitas EC. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2ª ed. Novo Hamburgo: Feevale; 2013.

Kauark F, Manhães FC, Medeiros CH. Metodologia da pesquisa: guia prático. Itabuna: Via Litterarum; 2010.

Ministério da Educação (BR). Portaria Nº 60, de 20 de março de 2019. Dispõe sobre o mestrado e doutorado profissionais, no âmbito da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES [Internet]. Brasília: Ministério da Educação; 2019 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: http://capes.gov.br/images/novo_portal/portarias/22032019_Portarias_59e60.pdf

Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Regimento do curso de mestrado profissional em gestão da qualidade em serviços de saúde [Internet]. Natal: UFRN; 2013 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: https://sigaa.ufrn.br/sigaa/public/programa/documentos.jsf?lc=pt_BR&id=8084&idTipo=2

Mesquita KO, Silva LCC, Lira RCM, Freitas CSL, Lira GV. Segurança do paciente na atenção primária à saúde: revisão integrativa. Cogitare Enferm. 2016;21(2):01–8.

Rees P, Edwards A, Powell C, Hibbert P, Williams H, Makeham M, et al. Patient Safety Incidents Involving Sick Children in Primary Care in England and Wales: a Mixed Methods Analysis. PLOS Med [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Dez 5];14(1):e1002217. Disponível em: https://dx.plos.org/10.1371/journal.pmed.1002217

Ricci-Cabello I, Gonçalves DC, Rojas-García A, Valderas JM. Measuring experiences and outcomes of patient safety in primary care: a systematic review of available instruments. Fam Pract [Internet]. 2015 [acesso em 2020 Dez 5];32(1):106-19. Disponível em: https://academic.oup.com/fampra/fampra/article/2964798/Measuring

Dutra HS, Reis VN. Experimental and quasi-experimental study designs: definitions and challenges in nursing research. Rev Enferm UFPE. 2016;10(6):2230-41.

Minayo MCS. Amostragem e saturação em pesquisa qualitativa: consensos e controvérsias. Rev Pesqui Qual. 2017;5(7):01-12.

Bagnasco A, Galaverna L, Aleo G, Grugnetti AM, Rosa F, Sasso L. Mathematical calculation skills required for drug administration in undergraduate nursing students to ensure patient safety: a descriptive study. Nurse Educ Pract [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Dez 5];16(1):33-9. Disponível em: https://linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S1471595315000992

Ministério da Saúde (BR). Portaria No 2.095, de 24 de setembro de 2013. Aprova os Protocolos Básicos de Segurança do Paciente [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2013 [acesso em 2020 Dez 5]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/prt2095_24_09_2013.html

World Health Organization. Estrutura conceitual da classificação internacional sobre segurança do paciente: relatório Técnico Final. Lisboa: WHO; 2011.

Costa TD, Salvador PTCO, Rodrigues CCFM, Alves KYA, Tourinho FSV, Santos VEP. Percepção de profissionais de enfermagem acerca de segurança do paciente em unidades de terapia intensiva. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Dez 5];37(3). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472016000300419&lng=pt&tlng=pt

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (BR). Medidas de Prevenção de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Brasília: Anvisa; 2017.

Nanji KC, Patel A, Shaikh S, Seger DL, Bates DW. Evaluation of perioperative medication errors and adverse drug events. Anesthesiology [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Dez 5];124(1):25-34. Disponível em: http://anesthesiology.pubs.asahq.org/article.aspx?volume=124&page=25

Silva MFB, Santana JS. Erros na administração de medicamentos pelos profissionais de enfermagem. ACM Arq Catarin Med. 2018;47(4):146-54.

Macedo M, Almeida L, Assad L, Rocha R, Ribeiro G, Pereira L. Patient identification through electronic wristband in an adult general intensive care unit. Rev Enferm Ref [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Dez 5];(13):63-70. Disponível em: http://rr.esenfc.pt/rr/index.php?module=rr&target=publicationDetails&pesquisa=&id_artigo=2672&id_revista=24&id_edicao=111

Belela-Anacleto ASC, Peterlini MAS, Pedreira MLG. Hand hygiene as a caring practice: a reflection on professional responsibility. Rev Bras Enferm [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Dez 5];70(2):442-5. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672017000200442&lng=en&tlng=en

Ribeiro HCTC, Quites HFO, Bredes AC, Sousa KAS, Alves M. Adesão ao preenchimento do checklist de segurança cirúrgica. Cad Saude Publica [Internet]. 2017 [acesso em 2020 Dez 5];33(10). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2017001005011&lng=pt&tlng=pt

Severo IM, Kuchenbecker RS, Vieira DFVB, Lucena AF, Almeida MA. Risk factors for fall occurrence in hospitalized adult patients: a case-control study. Rev Lat Am Enfermagem [Internet]. 2018 [acesso em 2020 Dez 5];26. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-11692018000100332&lng=en&tlng=en

Edsberg LE, Black JM, Goldberg M, McNichol L, Moore L, Sieggreen M. Revised National Pressure Ulcer Advisory Panel Pressure Injury Staging System. J Wound Ostomy Continence Nurs [Internet]. 2016 [acesso em 2020 Dez 5];43(6):585-97. Disponível em: http://journals.lww.com/00152192-201611000-00003




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2021.11671

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia