Modelo de intervenção telefônica na sensibilização de mudança do padrão alimentar - doi:10.5020/18061230.2010.p136

Eliane Corrêa Chaves, Silvia Maria Ribeiro Oyama

Resumo


Objetivo: Propor um modelo de intervenção telefônica para mudança do padrão alimentar e avaliar a sua efetividade. Método: Estudo realizado no centro de Promoção da Saúde da
Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, com 27 indivíduos, através de 3 a 5 contatos telefônicos por usuário, por meio dos quais realizaram-se orientações e intervenções
nos preceitos da Terapia Cognitivo Comportamental e do Modelo Transteórico sobre alimentação saudável. Analisaram-se as variáveis peso e índice de massa corporal, padrão alimentar global e estágio de motivação para mudança. Os dados foram submetidos a análise de variância com medidas repetidas em diferentes momentos de avaliação: pré-contato, 3º e 5º contatos telefônicos. Resultados: Após a intervenção, os usuários apresentaram mudança no comportamento alimentar no terceiro contato, e ocorreu modificação em peso e IMC em uma paciente. Todos os achados não foram estatisticamente significativos. Ocorreu
melhora na motivação para a aquisição de novos hábitos alimentares, também de forma não significativa. Conclusão: Houve discreta mudança de comportamento alimentar, a motivação para a mudança melhorou para todos os participantes, sem, no entanto, ter havido efetividade
neste tipo de abordagem.

Palavras-chave


Promoção da Saúde; Telefone; Alimentação.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2007

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia