Gerenciamento dos resíduos em três hospitais públicos do Mato Grosso do Sul, Brasil - doi:10.5020/18061230.2010.p221

Keila Tivirolli, Soraia Cristina Tivirolli, Patrícia Corrêa da Luz, Luana Barbiero Vieira Fujino, Marjolly Priscilla Shinzato, Josué Skowronski, Ariel Ortiz Gomes, Lúcia Helena de Andrade Vasconcelos, Sônia Corina Hess

Resumo


Objetivos: Avaliar o gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde gerados em três hospitais públicos localizados no estado de Mato Grosso do Sul (Brasil), incluindo parâmetros quali e quantitativos. Métodos: Tratou-se de um estudo descritivo observacional. Avaliou-se o gerenciamento dos resíduos gerados em dois hospitais públicos de grande porte (HG1, 240 leitos e HG2, 343 leitos) e um de pequeno porte (HP, 35 leitos). Os dados foram obtidos in situ, por observação direta dos procedimentos relativos ao gerenciamento dos resíduos e quantificação das massas dos resíduos gerados por setor, nos três hospitais. Resultados: O estudo revelou que o gerenciamento interno dos resíduos gerados nos três
estabelecimentos de saúde não era adequado, e que os seus trabalhadores não haviam sido capacitados quanto ao correto manejo dos resíduos e ao uso de equipamentos de proteção
individual. As taxas médias de geração de resíduos determinadas no HG1, HG2 e HP foram, respectivamente, de 4,7, 4,8 e 2,4 Kg.leito-1.dia-1, que se ajustam a faixas de valores descritos na literatura. Conclusão: As inadequações detectadas colocam diretamente em risco a saúde dos trabalhadores e de outros frequentadores dos três hospitais avaliados, bem como pessoas da comunidade externa, que podem ser expostos a patógenos ou agentes tóxicos presentes
em tais resíduos.

Palavras-chave


Serviço de Limpeza Hospitalar; Gerenciamento de Resíduos; Controle de riscos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2018

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia