Crenças e opiniões no cuidado de idosos com AIDS: um estudo exploratório - doi:10.5020/18061230.2010.p243

Raquel Farias Diniz, Ana Alayde Werba Saldanha, Ludgleydson Fernandes de Araújo

Resumo


Objetivo: Explorar o que cuidadores informais de idosos com AIDS pensam sobre a doença propriamente dita, a infecção em pessoas idosas, e sobre ser um cuidador. Métodos: Estudo
de abordagem qualitativa, no qual a análise de conteúdo temática das entrevistas realizadas resultou na emergência de três categorias: “concepções sobre AIDS”, “AIDS na velhice”
e “ser cuidador”. Resultados: Observou-se a emergência de questões relacionadas aos três eixos, que precisam ser consideradas numa análise mais ampla, no âmbito da relação
cuidador-paciente. Tais questões envolvem a informação acerca da doença, o convívio com o paciente, as diferenças de gênero e as especificidades decorrentes da infecção nesta etapa
da vida. Conclusão: A partir deste estudo, espera-se que uma maior atenção seja dada às relações de cuidado prestado pela rede informal de apoio a pessoas idosas vivendo com
AIDS, de forma a fomentar investigações sobre as questões sociais, afetivas, motivacionais e comportamentais dos cuidadores.

Palavras-chave


Cuidadores; Síndrome da Imunodeficiência Adquirida; Idoso; Conhecimento; Crença

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2023

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia