Tuberculose em ambiente hospitalar: perfil clínico em hospital terciário do ceará e grau de conhecimento dos profissionais de saúde acerca das medidas de controle -doi:10.5020/18061230.2010.p260

Roberto da Justa Pires Neto, Carolina Oliveira Costa, João Bosco Breckenfeld Bastos Filho, Juliana de Melo Matos Lins, Roney Gonçalves Fechine Feitosa, Terezinha do Menino Jesus Silva Leitão, Mônica Cardoso Façanha, Valéria Goes Ferreira Pinheiro

Resumo


Objetivos: Descrever características epidemiológicas e clínicas de pacientes internados com tuberculose (TB), além de avaliar o grau de conhecimento de profissionais de saúde acerca de
conceitos fundamentais sobre TB e medidas de controle parapacientes com tuberculose pulmonar em ambiente hospitalar. Métodos: Estudo realizado em hospital terciário de Fortaleza-CE envolvendo pacientes internados com TB e profissionais de saúde responsáveis pela assistência.
Uma primeira fase caracterizou-se por estudo retrospectivo com revisão de prontuários de pacientes admitidos com suspeita de TB. Em uma segunda etapa, estudo transversal com aplicação de questionário estruturado avaliou conhecimentos dos profissionais de saúde sobre o controle da
TB em ambiente hospitalar. Resultados: Sessenta e sete pacientes admitidos com suspeita de TB tiveram seus prontuários avaliados. Entre os casos confirmados, a forma clínica mais frequente foi a pulmonar (81,3%). Dos 55 pacientes internados com suspeita de tuberculose pulmonar, apenas 29 (52,7%) foram admitidos em leito de isolamento respiratório. Vinte e seis pacientes com suspeita de tuberculose pulmonar à admissão totalizaram 148 dias internados fora de isolamento respiratório (média de 4,1 dias/paciente). Avaliou-se o conhecimento de 159 profissionais de saúde
acerca de TB. Em relação à transmissão da TB, 107 (67,2%) desconheciam a transmissão por aerossóis e 109 (68,5%) desconheciam as formas clínicas que requerem isolamento respiratório. Conclusões: Tuberculose pulmonar é a forma clínica mais frequente entre pacientes internados
em hospital terciário de Fortaleza-CE. Parcela considerável de profissionais de saúde desconhece conceitos fundamentais relativos à tuberculose e essenciais para a assistência adequada e segura.

Palavras-chave


Tuberculose; Transmissão de Doença Infecciosa; Exposição a Agentes Biológicos; Pessoal de saúde

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2025

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia