Intervenções nutricionais em escolares - doi: 10.5020/18061230.2010.p297

Carolina Anzolin, Camila Marcon Ouriques, Doroteia Aparecida Höfelmann, Tatiana Mezadri

Resumo


Objetivo: Verificar a efetividade de intervenções nutricionais na modificação do consumo alimentar entre escolares, de 6 a 10 anos, de escola privada do município de Itajaí - SC, Brasil. Métodos: Estudo de intervenção, do tipo não randomizado e não controlado, sendo realizadas quatro atividades educativas, no período de agosto a novembro de 2008 e o consumo alimentar reavaliado ao final. Avaliou-se o estado nutricional por meio do Índice de Massa Corporal para sexo e idade, e da circunferência da cintura. Comparadas as frequências de consumo antes e após a intervenção por meio do teste t de Student pareado. Resultados: Participaram da pesquisa 93 escolares (69,92%) dos quais 48 crianças (54,5%) estavam eutróficas, enquanto 36 (40,9%) apresentaram sobrepeso e obesidade. Os grupos de alimentos mais consumidos, antes e após a intervenção: bolacha e macarrão; arroz e suco de frutas. A frequência média do consumo de doces reduziu após a intervenção (0,54 para 0,24 vezes ao dia, p < 0,001), entretanto aumentou a ingestão de batata frita (0,25 para 0,65, p < 0,001), pizza e hambúrguer (0,30 para 0,46, p = 0,028). Entre as meninas, a ingestão de doces reduziu após as atividades educativas (0,58 para 0,12, p < 0,001). Conclusões: As intervenções nutricionais, apesar do curto período de tempo, foram efetivas na modificação do consumo de alguns alimentos/grupos alimentares. Os resultados reforçam a necessidade de realização de intervenções com maior frequência, e por período prolongado, para promover modificações efetivas no consumo alimentar.

Palavras-chave


Educação Alimentar e Nutricional; Consumo de Alimentos; Saúde Escolar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2030

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia