Vigilância de HIV em acidentes perfurocortantes com trabalhadores da saúde - doi: 10.5020/18061230.2010.p325

Janete Lane Amadei, Carina Ivatiuk

Resumo


Objetivo: Caracterizar a ocorrência de acidentes com perfuro-cortantes em profissionais da saúde submetidos ao teste rápido de HIV. Métodos: Estudo epidemiológico descritivo, documental, realizado através de notificação de ocorrência de acidentes com perfuro-cortantes no Setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde, em 2008. Pesquisaram-se as variáveis: sexo, idade, material biológico exposto, tipo de exposição, paciente fonte, paciente acidentado, evolução do caso, situação do acidente, uso de equipamento de proteção individual (EPI), sorologia 180 dias e área de atuação. Resultados: Houve notificação de 143 acidentes, prevalecendo em profissionais da enfermagem, de sexo feminino, de 20 a 30 anos, envolvendo o sangue como material biológico por perfuração percutânea. Não se encontrou padronização no uso de EPI. A sorologia para HIV não evidenciou casos positivos. Conclusão: Este estudo possibilitou caracterizar a ocorrência de acidentes notificados em profissionais da saúde e avaliar o protocolo do atendimento realizado. Também evidenciou a não contaminação pelo vírus HIV.

Palavras-chave


Sorodiagnóstico da AIDS; Riscos Ocupacionais; Acidentes de Trabalho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2033

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia