Dinâmica familiar na alimentação de crianças com paralisia cerebral - doi: 10.5020/18061230.2010.p374

Nadja Maria Vieira Holanda, Izabella Santos Nogueira de Andrade

Resumo


Objetivo: Compreender a dinâmica familiar de crianças com paralisia cerebral no momento da alimentação. Métodos: Pesquisa com abordagem qualitativa. Os sujeitos da pesquisa constituíram-se de dez familiares de crianças com paralisia cerebral. As crianças encontravam-se com idade superior ou igual a cinco anos. A coleta dados ocorreu mediante uma entrevista semiestruturada com perguntas norteadoras referentes à relação mãe-filho durante a alimentação; cuidados e dificuldades e as expectativas maternas. A análise do discurso ocorreu através da técnica de análise de conteúdo, composta das etapas de pré-análise das informações, exploração do material coletado, tratamento dos resultados e interpretação. Resultados: A participação familiar durante a alimentação de crianças com paralisia cerebral mostrou-se essencial para sua eficiência, funcionando continuamente nos cuidados e manuseios destas crianças, além de evidenciar o papel da família, destacando a figura materna durante a alimentação e a reabilitação terapêutica. Conclusão: Conclui-se que a família tem um papel decisivo na alimentação, o que é essencial para favorecer a hidratação, o ganho de peso, bem como minimizar os riscos de aspiração, o que contribui de forma significativa para a qualidade de vida de crianças com paralisia cerebral

Palavras-chave


Alimentação; Família; Paralisia Cerebral.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2040

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia