Avaliação da síndrome da dor patelofemoral em mulheres - doi:10.5020/18061230.2011.p5

Altair Argentino Pereira Júnior, Walter Celso de Lima

Resumo


Objetivo: Avaliar mulheres com diagnóstico de síndrome da dor patelofemoral (SDPF). Métodos: Estudo de caráter descritivo realizado com 40 mulheres na faixa etária entre
18 a 40 anos, com diagnóstico médico definido de SDPF. Realizou-se a verificação da função do joelho através da escala de Lysholm; avaliação cinético-funcional e radiológica;
determinação do índice de massa corporal (IMC) e investigação do nível de atividade física pelo Questionário Internacional de Atividade Física. Resultados: Observou-se predomínio
de geno valgo, rotação femoral interna, patela lateralizada e alta. O nível de atividade física foi menor que 150 minutos em 21 (52,5%) da amostra. Constatou-se sobrepeso em 16
(40%) e função do joelho classificada como insatisfatória em 31 (77,5%) das participantes. Conclusão: As participantes do estudo apresentaram alterações cinético-funcionais
semelhantes e presença de sobrepeso. A SDPF compromete a função do joelho, dificultando as atividades de vida diária e a prática esportiva.

Palavras-chave


Síndrome da Dor Patelofemoral; Mulheres; Articulação do Joelho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2044

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia