Concentração sérica de retinol e prevalência de deficiência de vitamina A em puérperas - doi:10.5020/18061230.2011.p40

Juliana Cristina de Oliveira Dantas, Ana Caroline Perez Medeiros, Karla Danielly da Silva Ribeiro Rodrigues, Roberto Dimenstein

Resumo


Objetivo: Verificar a concentração sérica de retinol e avaliar o estado nutricional de puérperas atendidas na Maternidade Escola Januario Cicco, Natal/RN em relação à hipovitaminose A.
Métodos: Recrutaram-se 190 parturientes saudáveis atendidas em uma maternidade pública brasileira. A concentração de retinol no soro foi analisada por cromatografia líquida de
alta eficiência. Valores de retinol inferiores a 30 ?g/dL foram considerados indicativos de deficiência de vitamina A. Resultados: O estado nutricional bioquímico em vitamina A,
segundo o retinol sérico, apresentou uma média de 44,6 ± 17,6 ?g/dL, demonstrando valores normais de acordo com o referencial (? 30 ?g/dL). Porém, 45 (23,7%) mães apresentavam níveis deficientes de retinol sérico, prevalência que classifica a população estudada como grave problema de saúde pública. Conclusão: A prevalência encontrada nesse estudo denuncia esta população como de risco para deficiência de vitamina A, situação encoberta pela aparente normalidade da média de retinol no soro

Palavras-chave


Deficiência de vitamina A; Prevalência; Soro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2050

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia