Prevalência de sobrepeso, obesidade e circunferência abdominal alterada em escolares de 6 a 11 anos de idade em Campo Grande/MS - doi:10.5020/18061230.2011.p54

Maria Isabel Carneiro Travi, Paulo Roberto Haidamus de Oliveira Bastos, Elenir Rose Jardim Cury Pontes

Resumo


Objetivos: Estimar a prevalência de sobrepeso, obesidade e circunferência abdominal alterada de escolares e analisar alguns fatores associados ao excesso de peso corporal.
Métodos: Participaram do estudo 728 crianças de 6 a 11 anos, de escolas públicas e particulares da cidade de Campo Grande-MS, Brasil. As variáveis estudadas referentes aos
escolares foram os dados de identificação, aleitamento materno, peso ao nascer, alimentação, prática de atividades físicas, Índice de Massa Corporal (IMC) e medida da circunferência abdominal; e relativas à família, renda familiar per capita, IMC e escolaridade das mães. Resultados: As prevalências globais apresentaram as seguintes estimativas: 478 (65,7%) escolares eutróficos; 119 (16,3%) com sobrepeso; 105 (14,4%) obesos, além de 26 (3,6%) crianças abaixo do peso. Circunferência abdominal alterada foi observada em 315 (43,3%) escolares da amostra. A prevalência de sobrepeso e obesidade nos escolares apresentou uma diferença estatisticamente significativa com o tipo de escola (p=0,018), massa corporal das mães (p<0,001) e atividades físicas não programadas (p<0,001). Conclusão: A presença de circunferência abdominal alterada, em quase metade da amostra dos escolares, pode ser um indicador de risco cardiovascular. Aspectos tais como, pertencer à escola particular, ter mãe com excesso de peso corporal e não realizar atividades de lazer ativas, estiveram relacionados
com o sobrepeso ou obesidade nos escolares.

Palavras-chave


Peso corporal; Antropometria; Índice de Massa Corporal; Circunferência Abdominal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/2052

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia