Conhecimento e experiência de fisioterapeutas sobre ventilação não invasiva - doi:10.5020/18061230.2011.p214

Isabel Cristina de Mendonça Santiago, Fabíola Maria Sabino Meireles, Cymara Pessoa Kuehner, Mirizana Alves de Almeida

Resumo


Objetivo: Comparar conhecimento e experiência em ventilação não invasiva (VNI), entre fisioterapeutas das enfermarias e das Unidades de Terapia Intensiva (UTI) adulto. Métodos: Estudo realizado entre agosto/2007 e agosto/2008, em quatro hospitais de Fortaleza-CE, Brasil, com 116 fisioterapeutas (42/enfermarias e 74/UTI) sobre conhecimento prático e teórico em VNI, com questões abertas e fechadas. Os dados foram analisados através do software SPSS (Statistical Package for Social Sciences) 17.0. Resultados: Sobre utilização da VNI, 22 dos 42 fisioterapeutas das enfermarias e um dos 74 das UTI nunca administraram VNI (p<0,05); 19 (45%) fisioterapeutas das enfermarias e 58 (78%) das UTI acertaram sobre VNI como primeira escolha; 18 (43%) fisioterapeutas das enfermarias e 64 (86%) das UTI acertaram sobre efeitos fisiológicos (p<0,05); 21 (50%) fisioterapeutas das enfermarias e 68 (92%) das UTI acertaram sobre indicações (p<0,05); 19 (45%) fisioterapeutas das enfermarias e 71 (96%) das UTI acertaram sobre contraindicações (p<0,05); 8 (19%) fisioterapeutas nas enfermarias e 36 (49%) nas UTI relataram a infraestrutura satisfatória. Nas UTI, 68 (92%) fisioterapeutas julgavam-se aptos a monitorizar VNI, nas enfermarias 13 (31%) (p<0,05). Conclusões: Os fisioterapeutas das UTI apresentaram maior experiência quanto à administração da VNI, conheciam e julgavam-se mais aptos a utilizá-la do que os das enfermarias. Como o fisioterapeuta está diretamente envolvido nessa terapêutica, o conhecimento e a prática da VNI podem ser melhor explorados em UTI e enfermarias.

Palavras-chave


Respiração com Pressão Positiva; Serviço Hospitalar de Fisioterapia; Terapia Respiratória.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2074

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia