Promoção da saúde: a concepção do enfermeiro que atua no programa saúde da família - doi: 10.5020/18061230.2012.p215

Priscila Araújo Rocha, Teresa Cristina Soares, Beatriz Francisco Farah, Denise Barbosa de Castro Friedrich

Resumo


Investigar a concepção dos enfermeiros do Programa Saúde da Família (PSF) sobre Promoção da Saúde. Métodos: Tratou-se de um estudo qualitativo do tipo descritivo, realizado em cinco unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) que aderem ao PSF, da cidade de Juiz de Fora – MG, Brasil, no período de março a abril de 2010. Os sujeitos foram cinco enfermeiros do PSF, sendo um de cada uma das unidades participantes, selecionados aleatoriamente, de acordo com a disponibilidade e aceitação dos mesmos em participar do
estudo. A coleta de informações se utilizou da técnica de entrevista semiestruturada. As falas foram analisadas se utilizando da análise temática. Resultados: A partir da análise das falas, ficou evidente que os enfermeiros confundem promoção da saúde com prevenção. E foram unânimes quanto ao papel de educador que o enfermeiro exerce. Conclusões: Os enfermeiros revelaram ter concepção distorcida sobre promoção da saúde e as práticas de saúde ainda são desenvolvidas dentro da visão preventiva. O conceito de promoção de saúde gera questionamentos no grupo estudado, devendo ser mais debatido pelos enfermeiros

Palavras-chave


Enfermagem; Promoção da Saúde; Programa Saúde da Família.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2231

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia