Detecção precoce do câncer de pele: experiência de campanha de prevenção no Piauí-Brasil - doi: 10.5020/18061230.2012.p221

Rafael Bandeira Lages, Patrícia Barros Barbosa, Isabella Parente Almeida, Lauro Rodolpho Soares Lopes, Lauro Lourival Lopes Filho

Resumo


Avaliar a associação do diagnóstico de câncer de pele com fatores de risco conhecidos através da análise de dados da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia no estado do Piauí, Brasil, nos últimos anos. Métodos: Estudo transversal analítico com características descritivo-quantitativas utilizando os dados obtidos a partir da referida campanha no estado do Piauí, nos anos de 2009 e 2010. Realizou-se análise descritiva dos dados coletados, além de regressão logística multivariada, usando como variável dependente o diagnóstico de câncer de pele. Resultados:
Em 2009 e 2010, esta campanha foi responsável pela realização de 1141 atendimentos, diagnosticando 122 (10,7% dos atendimentos) casos de câncer de pele: 108 carcinomas
basocelulares (CBC), 10 espinocelulares (CEC) e 4 melanomas. Dos examinados, 35,4% eram homens, 73,1% relataram proteção solar inadequada, 16,4% apresentavam história familiar de câncer de pele e 7,2% história pregressa. Indivíduos com história pregressa de câncer de pele apresentaram 5,24 vezes mais chances de ter um novo diagnóstico de câncer, ao passo que aqueles com pele não-negra apresentaram 4,91 vezes mais chances de
diagnóstico. Conclusão: História pessoal e familiar de neoplasia epitelial, cor não-negra e sexo masculino estiveram associados com maiores chances de desenvolvimento de câncer de pele. Além disso, a exposição solar sem proteção continua sendo rotineira.

Palavras-chave


Prevenção Primária; Prevenção Secundária; Carcinoma Basocelular; Carcinoma de Células Escamosas; Melanoma; Neoplasias Cutâneas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2233

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia