Promoção da saúde de famílias de crianças surdas - doi: 10.5020/18061230.2012.s70

Mirna de Albuquerque Frota, Larissa Cipião Gurgel do Amaral, Caroline Soares Nobre, Priscilla Mayara Estrela Barbosa

Resumo


Investigar o impacto da perda auditiva na dinâmica familiar da criança surda, identificando o conhecimento da família sobre a surdez e compreendendo o modo como os pais vivenciam o diagnóstico e o tratamento do filho com surdez. Métodos: Estudo com abordagem qualitativa desenvolvido no Núcleo de Atenção Médica Integrada – NAMI, vinculado à Universidade de Fortaleza – UNIFOR, localizado em Fortaleza-CE, Brasil. Participaram do estudo seis mães de crianças com deficiência auditiva. A coleta de dados realizou-se mediante observação participante e entrevista semiestruturada. Para o processamento dos dados, foi utilizada a Análise Temática de Bardin. Resultados: Após codificação emergiram dos discursos as categorias: desinformação da perda auditiva; impacto da descoberta da perda auditiva; dificuldade de se comunicar com o filho; necessidade de compreensão no âmbito familiar. Conclusão: O nascimento de um filho Surdo altera o equilíbrio anterior da família, gerando problemas específicos, como a barreira
comunicativa, cuja solução está relacionada ao como lidar com a situação. É necessária a promoção de mudanças, enfatizando a participação dos entes como cuidadores e facilitadores do desenvolvimento da criança Surda. Na Fonoaudiologia, essa atitude representa descobrir novas maneiras de identificar o necessário para o sujeito. Requer estratégias que valorizem a opinião destes, viabilizando a expressão de expectativas, percepções, representações e sentimentos.

Palavras-chave


Perda Auditiva; Pessoas com Deficiência; Promoção da Saúde; Saúde da Criança.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2246

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia