Perda de peso e desnutrição em pacientes com doença de alzheimer em Fortaleza - CE - doi: 10.5020/18061230.2012.s90

Raquel Guimarães Nobre, Paulo César de Almeida, Patrícia Teixeira Limaverde

Resumo


Investigar o estado nutricional e as alterações de peso corporal em pacientes com a doença de Alzheimer atendidos em ambulatório especializado em Fortaleza – CE, Brasil. Métodos: Trata-se de um estudo do tipo transversal comparativo, com abordagem quantitativa, cuja amostra envolveu idosos com e sem a doença de Alzheimer, que frequentaram ambulatório especializado durante o mês de março de 2009. Para avaliar o estado nutricional, utilizou-se o questionário Mini Avaliação Nutricional (MAN) e a classificação do Índice de Massa Corpórea (IMC) proposta por Lipschitz, enquanto que a alteração de peso foi investigada a partir de formulário pré-estabelecido. Resultados: Analisou-se 58 idosos de ambos os sexos, sendo 29 com Alzheimer (grupo 1) e 29 sem a doença (grupo 2). A perda de peso corporal foi a alteração mais frequente relatada pelos dois grupos, sendo que o percentual foi maior no grupo 1 (62,1%, n = 18) do que no grupo 2 (44,8%, n=13). O grupo 1 apresentou maior prevalência de risco de desnutrição, de acordo com a MAN (55,2%, n=16), e a totalidade dos pacientes classificados como desnutridos pelo IMC (20,7%, n=6). Conclusão: Observa-se, portanto, que a perda de peso e a desnutrição estão presentes na realidade em questão, evidenciando a importância do acompanhamento nutricional precoce na doença de Alzheimer.

Palavras-chave


Doença de Alzheimer; Estado Nutricional; Alterações do Peso Corporal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/2249

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia