Estratificação do risco cardiovascular global em hipertensos atendidos numa unidade de saúde da família de Parnaíba, Piauí - doi: 10.5020/18061230.2012.p287

Elce de Seixas Nascimento, Maria Poliana Ferreira Castelo Branco, Ana Karine de Figueiredo Moreira, Fuad Ahmad Hazime

Resumo


Estratificar o risco cardiovascular global em hipertensos atendidos em uma
Unidade de Saúde da Família (USF). Métodos: Estudo quantitativo, transversal e descritivo
realizado com uma população de hipertensos da USF, módulo 34, em Parnaíba-PI, Brasil, no
período de julho a agosto de 2011. A amostra foi composta por 45 voluntários, selecionados
por conglomerado de livre demanda, que responderam a um formulário com questões que
embasaram a análise e a estratificação do Risco Cardiovascular Global (RCG), de acordo
com a VI Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial (VI DBH - 2010), The European
Society of Cardiology (ESC) e European Society of Hypertension (ESH - 2007). Em seguida,
foram submetidos à aferição da pressão arterial (PA), medida da circunferência abdominal
(CA) e índice de massa corpórea (IMC). Resultados: O fator de risco mais evidente na
amostra foi 34 (75,5%) de sobrepeso/obesidade; seguido de 33 (73,3%) de sedentarismo; e 25
(55,5%) de hipercolesterolemia. Os dados coletados resultaram numa estratificação em que
38 (84,4%) se encontravam em alto risco adicional e 7 (15,5%) em risco adicional muito alto
de apresentar eventos cardiovasculares nos próximos 10 anos. Conclusão: A estratificação
na população estudada indicou a elevada incidência de tais fatores, mostrando a necessidade
de se interferir nesse segmento populacional a fim de promover mudanças no estilo de vida
que gerem prevenção e controle das doenças cardiovasculares.

Palavras-chave


Fatores de Risco; Doenças Cardiovasculares; Saúde da Família

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2258

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia