Avaliação da função sexual em um grupo de mastectomizadas

Izabelle Quintiliano Montenegro Bomfim, Rosana Priscila Santos Batista, Renata Melo de Carvalho Lima

Resumo


Objetivo: Avaliar a função sexual de mulheres mastectomizadas. Métodos: Estudo transversal e descritivo, realizado entre setembro a outubro de 2012, investigou 34 mulheres mastectomizadas e ativas sexualmente nos últimos 6 meses, participantes de um grupo de apoio. Utilizou-se um instrumento de coleta de dados sociodemográficos (condição socioeconômica, estado civil e escolaridade) e ginecológicos (paridade, tempo pós-cirúrgico e tipo de cirurgia), além do Questionário Quociente Sexual (QS-F) - versão feminina. Os resultados foram analisados através da estatística descritiva e dos testes Kruskal-Wallis e Spearman, considerando-se p≤0,05. Resultados: Encontrou-se um desempenho sexual de nulo a ruim em 35,3% (n=12) das mulheres, e apenas 11,8% (n=4) apresentaram um escore favorável no QS-F. Observou-se uma maior porcentagem de mulheres apresentando dificuldade na excitação com 88,2% (n=30), e quanto ao estado civil e escolaridade, 47,1% (n=16) eram casadas e 55,9% (n=19) apresentaram escolaridade até ensino fundamental. Conclusão: As mulheres mastectomizadas investigadas apresentaram função sexual baixa e insatisfatória de acordo com o QS-F, eram casadas e apresentavam até o ensino fundamental.


doi:10.5020/18061230.2014.p77

Palavras-chave


Mastectomia; Sexualidade; Saúde da Mulher.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2379

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia