A maternidade e a paternidade: o olhar do casal adolescente

Marcela Medeiros de Almeida Costa, juliana cristina frare, Joseane Rodrigues da Silva Nobre, Keila Okuda Tavares

Resumo


Objetivo: Compreender a experiência da gravidez na adolescência a partir dos relatos de puérperas e pais adolescentes. Métodos: Pesquisa descritivo-exploratória, de caráter qualitativo, na qual se realizaram entrevistas diretas com 11 casais adolescentes, cujas puérperas estavam internadas em uma maternidade de referência. A coleta de dados ocorreu no período entre junho e agosto de 2010, por meio de uma entrevista semiestruturada, baseada em perguntas orientadoras para as mães e pais adolescentes. As falas foram gravadas, transcritas na íntegra, analisadas e agrupadas em categorias temáticas. Resultados: Ficou evidenciado: o impacto inicial da notícia para o casal adolescente, a mudança de atitude frente à vida pela gestação não planejada e o nascimento da criança, a imaturidade para assumirem o papel de mãe e pai e o surgimento de problemas de ordem familiar e social. Conclusão: A gravidez, para os casais adolescentes, não é algo planejado, mas eles passam a se visualizar como mães e pais e a expressarem sentimentos relacionados à tríade pai-mãefilho. No entanto, para a mãe adolescente, o cuidado do filho é o mais importante, enquanto para o pai adolescente, prover a família é essencial e preocupante.



doi:10.5020/18061230.2014.p101

Palavras-chave


Gravidez na Adolescência; Saúde do Adolescente; Relações Familiares.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


World Health Organization - WHO. The sexual and reproductive health of younger adolescents: research issues in developing countries. Geneva: WHO; 2011.

Ribeiro PM, Gualda DMR. Gestação na adolescência:a construção do processo saúde resiliência. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2011;15(2):361-71.

Simões AR. Gravidez na adolecência: perfil das gestantes puérperas e fatores associados. R Saúde Públ Santa Cat. 2010;3(1):57-68.

Caminha NO, Sousa DMN, Freitas LV, Damasceno AKC, Costa CC, Brasil RFG. O perfil das puérperas adolescentes atendidas em uma maternidade de referência de Fortaleza-Ceará. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2012;16(3):486-92.

Taborda JA, Silva FC, Ulbricht L, Neves EB.Consequências da gravidez na adolescência para as meninas considerando-se as diferenças socioeconômicas entre elas. Cad Saúde Colet (Rio J.). 2014;22(1):16-24.

Ministério da Saúde (BR). Pesquisa nacional de demografia e saúde da criança e da mulher 2006.Brasília: Ministério da Saúde; 2009.

Ministério da Saúde (BR). Brasil acelera redução de gravidez na adolescência [acesso em 2010 Out 23].Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/default.cfm.

Pariz J, Mengarda CF, Frizzo GB. A atenção e o cuidado à gravidez na adolescência nos âmbitos familiar,político e na sociedade: uma revisão da literatura.Saúde Soc. 2012;21(3):623-36.

United Nations Population Fund. The State of World Population 2013: motherhood in childhood. Facing the challenge of adolescent pregnancy. [acesso em 2013 Nov 4]. Disponível em: http://www.unfpa.org.br/Arquivos/EN-SWOP2013-Report-Final.pdf.

Bereta MIR, Freitas MA, Dupas G, Fabbro MRC,Ruggiero EMS. A construção de um projeto na maternidade adolescente: relato de experiência. Rev Esc Enferm USP. 2011;45(2):533-6.

Dias ACG, Teixeira MAP. Gravidez na adolescência: um olhar sobre um fenômeno complexo. Paidéia (Ribeirão Preto). 2010;20(45):123-31.

Schiro EDB, Koller SH. Ser adolescente e ser pai/mãe: gravidez adolescente em uma amostra brasileira. Estud Psicol (Natal). 2013;18(3):447-55.

Utiamada MRP. A paternidade na adolescência: um estudo a partir da visão dos pais adolescentes do ambulatório de pré-natal do Hospital de Clínicas de Londrina. Anais do I Simpósio sobre Estudos de Gênero e Políticas Públicas, 2010. Paraná: Universidade Estadual de Londrina; 2010.

Meincke SMK, Carraro TE. Vivência da paternidade na adolescência: sentimentos expressos pela família do pai adolescente. Texto & Contexto Enferm.2009;18(1):83-91.

Manzini EJ. Considerações sobre a elaboração de roteiro para entrevista semi-estruturada. In: Marquezine MC, Almeida MA, Omote S. Colóquios sobre pesquisa em Educação Especial. Londrina: Eduel; 2003. p.11-25.

Giorgi AP. Phenomenology and psychological research. Pittsburgh: Duquesne University Press; 2003.

Samandari G, Speizer IS. Adolescent sexual behavior and reproductive outcomes in Central America: trends over the past two decades. Int Perspect Sex Reprod Health. 2010;36(1):26-35.

Bueno MEN, Meincke SMK, Schwartz E, Soares MC, Corrêa ACL. Paternidade na adolescência: a família como rede social de apoio. Texto & Contexto Enferm.2012;21(2):313-9

Silva AAA, Coutinho IC, Katz L, Souza ASR. Fatores associados à recorrência da gravidez na adolescência em uma maternidade escola: estudo caso-controle. Cad Saúde Pública. 2013;29(3):496-506.

Crittenden CP, Boris NW, Rice JC, Taylor CA, Olds DL. The role of mental health factors, behavioral factors, and past experiences in the prediction of rapid repeat pregnancy in adolescence. J Adolesc Health. 2009;44(1):25-32.

Nery IS, Mendonça RCM, Gomes IS, Fernandes ACN, Oliveira DC. Reincidência da gravidez em adolescentes de Teresina, PI, Brasil. Rev Bras Enferm.2011;6(1):31-7.

Nunes SA. Esperando o futuro: a maternidade na adolescência. Physis (Rio J.). 2012;22(1):53-75.

Luz AMH, Berni NIO. Processo da paternidade na adolescência. Rev Bras Enferm. 2010;63(1):43-50.

Monteiro NRO. Percursos da gravidez na adolescência: estudo longitudinal após uma década da gestação. Psicol Reflex Crit. 2010;23(2):278-88.

Correia DS, Santos LVA, Calheiros AMN, Vieira MJ. Adolescentes grávidas: sinais, sintomas,intercorrências e presença de estresse. Rev Gaúch Enferm. 2011;32(1):40-7.

Hoga LAK, Borges ALV, Alvarez REC. Gravidez na adolescência: valores e reações dos membros da família. Acta Paul Enferm. 2009;22(6):779-85.

Oliveira TP, Carmo APA, Ferreira APS, Assis ILR, Passos XS. Meninas de luz: uma abordagem da enfermagem na gravidez na adolescência. Rev Inst Cienc Saúde. 2009;27(2):122-7.

Andrade PR, Ribeiro CA, Ohara CVS. Maternidade na adolescência: sonho realizado e expectativas quanto ao futuro. Rev Gaúch Enferm. 2009;30(4):662-8.

Carraro TE, Meincke SMK, Collet N, Tavares BC, Kempfer SS. Conhecimento acerca da família do pai adolescente observado por meio do genograma. Texto & Contexto Enferm. 2011; 20(Nesp):172-7.

Gurgel MGI, Alves MDS, Vieira NFC, Pinheiro PNC, Barroso GT. Gravidez na adolescência: tendência na produção científica de enfermagem. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2008;12(4):799-805.

Neiverth IS, Alves GB. Gravidez na adolescência e mudança do papel social da mulher. Paidéia (Ribeirão Preto). 2002;12(24):229-40.

Amazonas MCLA, Damasceno PR, Terto LMS, Silva RR. Arranjos familiares de crianças das camadas populares. Psicol Estud. 2003;8(Esp):11-20.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2465

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia