Relação entre o gênero no acesso ao serviço odontológico e aos artigos de higiene bucal

Maria Vieira de Lima Saintrain, Paulo Leonardo Ponte Marques, Lúcio Hélio Pereira de Almeida, Caroline Barbosa Lourenço, Raimunda Magalhães da Silva, Anya Pimentel Gomes Fernandes Vieira

Resumo


Objetivo: Identificar a influência do gênero no acesso ao serviço odontológico e aos artigos de higiene bucal. Métodos: Estudo transversal do tipo quantitativo, tendo como universo a população do Município de Guaiuba-Ceará e coleta de dados realizada por Agentes Comunitários de Saúde treinados, entre 2007 a 2008. Utilizaram-se variáveis do Indicador Comunitário em Saúde Bucal para averiguar acesso aos serviços de saúde, itens de higiene bucal, consulta odontológica, assim como uso e necessidade de prótese dentária. Os dados foram analisados com teste Qui-quadrado de Pearson com nível de significância de 5%. Resultados: Participaram 2.581 indivíduos, com idade média de 24,4 anos (DP ± 19,7). Predominou sexo feminino (63,1%; n=1628). Dos entrevistados, 2.341 (90,7%) tiveram acesso à escova dental, 2.272 (88,0%) ao dentifrício, 1.175 (45,5%) à consulta odontológica. A necessidade de prótese dentária foi maior nas mulheres com 581 (35,7%) versus 221 (23,2%) homens e seu acesso [354(60,9%)] versus [96 (43,4%)] com p<0,05. Conclusão: O acesso a artigos de higiene bucal e serviços de saúde e a oferta para tratamento odontológico, apresenta o sexo como fator influenciador. As mulheres possuem a maioria das necessidades e dos benefícios.


doi: 10.5020/18061230.2014.p381

Palavras-chave


Epidemiologia; Saúde bucal; Sistemas de Saúde.

Texto completo:

PDF (English) PDF (English)

Referências


World Health Organization - WHO. Mainstreaming gender equity in health: the need to move forward (the Madrid Statement). Geneva: WHO; 2004.

Wilkins D, Payne S, Granville G, Branney P. The gender and access to health services study - final report [Internet]. Bristol: Department of health, Men`s Health Forum/ University of Bristol; 2008. [cited 2012 Oct 29]. Available from: http://www.dh.gov.uk/prod_consum_dh/groups/dh_digitalassets/@dh/@en/documents/digitalasset/dh_092041.pdf

World Health Organization - WHO. Gender tool-European strategy for child and adolescent health and development [Internet]. WHO/Regional Office for Europe; 2007. [cited 2012 Oct 29]. Available from: http://www.euro.who.int/__data/assets/pdf_file/0020/76511/EuroStrat_Gender_tool.pdf

Ravidran TK. Universal access: making health systems work for women. BMC Public Health [Internet]. 2012 [cited 2013 Nov 18];12(Suppl 1):S4. Available from: http://www.biomedcentral.com/1471-2458/12/S1/S4.

Pinheiro RS, Viacava F, Travassos C, Brito AS. Gênero, morbidade, acesso e utilização de serviços de saúde no Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. 2002;7(4):687-707.

Silva KC, Sousa AS, Carnut L, Rodrigues CS. Percepção sobre o acesso aos serviços de atenção primária à saúde bucal: uma perspectiva de gênero. J Manag Prim Health Care. 2010;1(1):1-7.

Department of Health Choosing Better Oral Health (UK). An Oral Health Plan for England. Department of Health: Dental and Ophthalmic [Internet]. 2005 [cited 2012 Oct 13]. Available from: http://www.berkshirewest.nhs.uk/_store/documents/choosingbetteroralhealth.pdf

Chairman MW, Maze BA. Canadian Oral Health Strategy [Internet]. [cited 2012 Feb 21] Available from: http://www.fptdwg.ca/assets/PDF/Canadian%20Oral%20Health%20Strategy%20-%20Final.pdf

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 2.488, de 21 de outubro de 2011. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes e normas para a organização da Atenção Básica, para a Estratégia Saúde da Família (ESF) e o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS). Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília; 2011.

Ministério da Saúde (BR). Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal [Internet]. Brasília; 2004. [cited 2012 Feb 16]. Available from: http://dab.saude.gov.br/CNSB/brasil_sorridente.php

Chagas RA, Nuto SAS, Andrade LOM. Política municipal de saúde bucal: da construção coletiva ao desafio de seu desenvolvimento em Fortaleza (CE). Divulg Saúde Debate. 2008;(42):35-50.

Baldani MH, Antunes JLF. Inequalities in access and utilization of dental services: a cross-sectional study in an area covered by the Family Health Strategy. Cad Saúde Pública. 2011;27(Supl 2):272-83.

American Dental Association. Women’s Oral Health Issues. [Internet]. 2011. [cited 2012 Dez 2]. Available from:

http://www.iom.edu/~/media/Files/Activity%20Files/Women/PreventiveServicesWomen/Patton.pdf

Giordani JMA, Slavutzky SMB, Koltermann AP, Pattussi MP. Inequalities in prosthetic rehabilitation among elderly people: the importance of context. Community Community Dent Oral Epidemiol. 2010;39(3):230–8.

Ozkan Y, Özcan M, Kulak Y, Kazazoglu E, Arikan A. General health, dental status and perceived dental treatment needs of an elderly population in Istanbul. Gerodontology. 2011;28(1):28-36.

Gibilini C, Esmeriz CEC, Volpato LF, Meneghim ZMAP, Silva DD, Sousa MLR. Acesso a serviços odontológicos e auto-percepção da saúde bucal em adolescentes, adultos e idosos. Arq Odontol. 2010;46(4):213-23.

Ministério da Saúde (BR). Projeto SB Brasil 2003. Condições de saúde bucal da população brasileira 2002-2003. Resultados Principais. Brasília: Coordenação Nacional de Saúde Bucal; 2004.

Ministério da Saúde (BR). SB Brasil: Pesquisa Nacional de Saúde Bucal 2010 - Resultados principais. Brasília: Coordenação Nacional de Saúde Bucal; 2011.

Saintrain MVL, Vieira APGF. Application of the Community Oral Health Indicator by Non-Dental Personnel and Its Contribution to Oral Healthcare. PLoS ONE. 2012;7(7):e39733.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Sinopse do Censo Demográfico 2010 [Internet]. Brasília: Ministério do Planejamento e Gestão [cited 2011 Oct 06]. Available from: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/default_sinopse.shtm

Pereira CRS, Patrício AAR, Araújo FAC, Lucena EES, Lima KCL, Roncalli AGR. Impacto da Estratégia Saúde da Família com equipe de saúde bucal sobre a utilização de serviços odontológicos. Cad Saúde Pública. 2009;25(5):985-96.

Ahn S, Burdine JN, Smith ML, Ory MG, Phillips CD. Residential Rurality and Oral Health Disparities: Influences of Contextual and Individual Factors. J Primary Prevention. 2011;32(1):29-34.

Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. Levantamento epidemiológico em Saúde Bucal no Estado do Ceará – SB Ceará: Resultados finais. Fortaleza: Secretaria da Saúde do Estado do Ceará; 2004.

Albuquerque ABB, Bosi MLM. Visita domiciliar no âmbito da Estratégia Saúde da Família: percepções de usuários no Município de Fortaleza, Ceará, Brasil. Cad Saúde Pública. 2009;25(5):1103-12.

Report Oral Health - Special Eurobarometer 330 / Wave 72.3 – TNS Opinion & Social. [Internet]. 2010. [cited 2012 Dez 2]. Available from: http://ec.europa.eu/public_opinion/archives/ebs/ebs_330_en.pdf

Gomes R, Nascimento EF, Araújo FC. Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? As explicações de homens com baixa escolaridade e homens com ensino superior. Cad Saúde Pública. 2007;23(3):565-74.

Antunes JLF, Narvai PC. Políticas de saúde bucal no Brasil e seu impacto sobre as desigualdades em saúde. Rev Saúde Pública. 2010;44(2):360-5.

Narvai PC. Saúde bucal coletiva, bucalidade e antropofagia. Ciênc Saúde Coletiva. 2006;11(1):18-21.

Thomson WM, Williams SM, Broadbent JM, Poulton R, Locker D. Long-term dental visiting patterns and adult. oral health. J Dent Res. 2010;89(3):307-11.

Richards W, Ameen J. The impact of attendance patterns on oral health in a general dental practice. Br Dent J. 2002;193(12):697-702.

Colussi PRG, Haas AN, Oppermann RV, Rösing CK. Consumo de dentifrício e fatores associados em um grupo populacional brasileiro. Cad Saúde Pública. 2011; 27(3):546-54.

Ministério da Saúde (BR). SB Brasil: Pesquisa Nacional de Saúde Bucal 2010 [Internet]. 2010 [cited 2012 Feb 11]. Available from: http://dab.saude.gov.br/CNSB/sbbrasil/arquivos/apresentacao_abbrasil_2010.pdf

Kuo HC, Yang YH, Lai SK, Yap SF, Ho PS. The Association between health-related quality of life and prosthetic status and prosthetic needs in Taiwanese adults. J Oral Rehabil. 2009;36(3):217–25.

Narvai PC, Frazão P. Saúde bucal no Brasil: muito além do céu da boca. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2496

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia