Ensino de hábitos posturais em crianças: história em quadrinhos versus teatro de fantoches

Ana Richelly Nunes Rocha Cardoso, Thiago Brasileiro de Vasconcelos, Jeanne Batista Josino, Giselle Notini Arcanjo

Resumo


Objetivo: Comparar a efetividade das histórias em quadrinhos e do teatro de fantoches na aprendizagem de hábitos posturais em crianças na idade escolar. Métodos: Estudo de campo, de caráter longitudinal e quantitativo, realizado em uma escola privada localizada no município de Caucaia-CE-Brasil, durante o período de fevereiro a novembro de 2012. Os alunos foram divididos igualmente, de forma aleatória, em dois grupos: Grupo A, no qual as crianças receberam informações através da utilização da história em quadrinhos; e Grupo B, no qual as crianças receberam informações através da apresentação de um teatro de fantoches. As avaliações ocorreram em dois momentos: antes e 2 meses após as intervenções educativas. As variáveis estudadas foram a avaliação da postura corporal e o conhecimento dos hábitos posturais corretos. Resultados: Participaram do estudo 52 crianças de ambos os gêneros. Observamos que tanto as crianças do Grupo A como as do Grupo B aprenderam sobre os hábitos posturais corretos. No Grupo A, apenas 23% (n=6) tiveram alguma dificuldade no entendimento das imagens e 58% (n=15) afirmaram que melhoraram a forma de andar e sentar. No Grupo B, 12% (n=13) relataram que tiveram alguma dificuldade no entendimento da linguagem e 50% (n=13) que melhoraram a forma de andar e sentar. Conclusão: Os achados deste estudo revelaram que as duas formas de estratégia mostraram-se efetivas para ensinar e fixar conceitos sobre os hábitos posturais corretos.


doi: 10.5020/18061230.2014.p319

Palavras-chave


Educação em Saúde; Postura; Prevenção Primária.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Contri DE, Petrucell A, Perea DCBNM. Incidência de desvios posturais em escolares do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Conscientiae Saúde. 2009;8(2):219-24

Cabral LTB, Filho ESV, Ueno FH, Yonezaki AM, Rodrigues LMR. Avaliação da qualidade de vida em pacientes com escoliose idiopática do adolescente após tratamento cirúrgico pelo questionário SF-36. Coluna/Columna. 2009;8(3):315-22.

Souza Junior JV, Sampaio RMM, Aguiar JB, Pinto FJM. Perfil dos desvios posturais da coluna vertebral em adolescentes de escolas públicas do município de Juazeiro do Norte - CE. Fisioter Pesqui. 2011;18(4):311-6.

Heisler EV, Vargas MD, Ghedini QP, Nogueira QD, Rodrigues MS, Cosentino SF. Teatro de fantoches: uma estratégia para educação em saúde de escolares [acesso em 2012 Abr 1]. Disponível em: http:// ebookbrowse.com/teatro-de-fantoches-uma-estrategia-para-educacaoem- saude-de-escolares-pdf-d25691465.

Bizzo MLG, Leder L. Educação Nutricional nos parâmetros curriculares nacionais para o ensino fundamental. Rev Nutr. 2005;18(5):661-7.

Pan American Health Organization. Carmen: an initiative for integrated prevention of noncommunicable diseases in the Americas [Internet]. Washington: PAHO; 2003 [acesso em 2014 Mar 21]. Disponível em: http://www1.paho.org/English/AD/DPC/NC/CARMEN-doc2.pdf.

Rampaso DAL, Doria MAG, Oliveira MCM, Silva GTR. Puppet theatre as teaching strategy: a report of the experience. Rev Bras Enferm. 2011;64(4):783-85.

Luchetti AJ, Moreale VC, Parro MC. Educação em saúde: uma experiência com teatro de fantoches no ensino nutricional de escolares. CuidArte Enferm. 2011;5(2):97-103.

Menezes TV. Estudo comparativo do comportamento postural de bailarinas da dança clássica. [monografia de graduação]. Fortaleza: Faculdade Integrada do Ceará; 2008.

Meliscki GA, Monteiro LZ, Giglio CA. Avaliação postural de nadadores e sua relação com o tipo de respiração. Fisioter Mov. 2011;24(4):721-8.

Silvestrini-Biavati A, Migliorati M, Demarziani E, Tecco S, Silvestrini-Biavati P, Polimeni A, et al.Clinical association between teeth malocclusions, wrong posture and ocular convergence disorders: an epidemiological investigation on primary school children. BMC Pediatrics. 2013;13:12.

Nery LS, Halpern R, Nery PC, Nehme KP, Tetelbom SA. Prevalence of scoliosis among school students in a town in southern Brazil. São Paulo Med J. 2010;128(2):69-73.

Rebolho MCT, Casarotto RA, João SMA. Estratégias para ensino de hábitos posturais em crianças: história em quadrinhos versus experiência prática. Fisioter Pesqui. 2009;16(1):46-51.

Back CMZ, Lima IAX. Fisioterapia na escola: avaliação postural. Fisioter Bras. 2009;10(2):72-7.

Detsch C, Candotti CT. A incidência de desvios posturais em meninas de 6 a 17 anos da cidade de Novo Hamburgo. Rev Movimento. 2001;7(15):43-56.

Nazima TJ, Codo CRB, Paes IADC, Bassinello GAH. Orientação em saúde por meio do teatro: relato de experiência. Rev Gaúch Enferm. 2008;29(1):147-51.

Silva JR. A Eficácia do lúdico como método de ensino na educação infantil? [acesso em 2014 Mar 22]. Disponível em: http://www.portaleducacao.com.br/educacao/artigos/21308/a-eficacia-do-ludico-como-metodo-de-ensino-na-educacao-infantil#ixzz3E0rsYIny.

Braga MS, Rodrigues DCGA. A avaliação da acuidade visual do escolar no programa saúde na escola: proposta de vídeo para orientação docente. Rev Ensino Saúde Ambiente. 2014;7 (1):1-11.

Miranda JL, Elias RC, Faria RM, Silva VL, Felício WAS. Teatro e a escola: funções, importâncias e práticas. Rev CEPPG CESUC. 2009;11(20):172-81.

Carneiro FR, Vasconcelos TB, Silva JHF, Josino JB, Arcanjo GN. Análise dos hábitos posturais de crianças após a conscientização educativa. In: Anais do V Congresso Internacional de Terapia Manual. Rev Inspirar. 2012;(2 Sup 1):48.

Benini J, Karolczak APB. Benefícios de um programa de educação postural para alunos de uma escola municipal de Garibaldi, RS. Fisioter Pesqui. 2010;17(4):346-51.

Caminha BJL, Vasconcelos TB, Carneiro FR, Siqueira RJB, Cardoso KVV, Nogueira MM, et al. Análise postural de alunos da 5ª série do ensino fundamental em uma escola pública de Fortaleza/CE. Rev Saúde Diálogo. 2013;4(1):6-19.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2577

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia