Análise da produção científica sobre a notificação da violência contra adolescentes

Taciana Mirella Batista dos Santos, Tarcisia Domingo de Araujo Sousa, Grizielle Sandrine de Araújo Rocha, Lygia Maria Pereira da Silva

Resumo


Objetivo: Analisar as produções científicas acerca da notificação de violência contra adolescente. Métodos: Tratou-se de estudo de revisão da literatura, realizado no período de setembro a outubro de 2013. Foram incluídos os artigos publicados entre 2003 e 2013; pesquisas realizadas no Brasil; nos idiomas inglês, espanhol e português; indexados nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Medical Literature Analysis and Retrieval System Online (MEDLINE) e Scientific Electronic Library Online (SciELO), combinando os seguintes descritores: violência, notificação de abuso, defesa da criança e do adolescente, notificação, adolescente. Resultados: A pesquisa resultou em 10 artigos, dos quais se destacaram três eixos temáticos: seis abordavam “caracterização dos casos de violência”, sete descreviam “o profissional como um atuante na notificação” e cinco discutiam “qualidade da notificação e registros de violência”. Conclusão: A caracterização da violência, o conhecimento da equipe de saúde e a subnotificação vêm sendo abordados com muita pertinência, sendo estes temas fundamentais para melhorar tanto a qualidade quanto a quantidade da notificação.

doi:10.5020/18061230.2014.p560

Palavras-chave


Notificação; Violência; Vigilância Epidemiológica.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Lei Federal nº. 8.069, de 13/07/1990.15 [acesso em 2014 Dez 15]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/leis/l8069.htm

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. Censo Demográfico 2010. Brasília: IBGE; 2010.

Waiselfisz JJ, Centro Brasileiro de Estudos Latino- Americanos – CEBELA. Mapa da violência 2012: crianças e adolescentes do Brasil. 1ª ed. Rio de Janeiro: Flasco Brasil; 2012.

Barbosa LV, Soares ACGM, Cruz KV, Silva RA. Caracterização da violência sexual em criança no município de Aracaju/SE. Interf Científicas Saúde Ambiente. 2013;1(2):9-20.

Macedo LR, Macedo MR, Silva CR, Macedo CR. Acidentes por causas externas em crianças e

adolescentes do Espírito Santo, Brasil. Rev Bras Pesqui Saúde. 2011;13(4):41-7.

Lima JS, Deslandes SF. A notificação compulsória do abuso sexual contra crianças e adolescentes: uma comparação entre os dispositivos americanos e brasileiros. Interface (Botucatu). 2011;15(38):819-32.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan: normas e rotinas. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Ministério da Saúde (BR). DATASUS. Violência doméstica, sexual e/ou outras violências – SINAN: 2009- 2014 [acesso em 2014 Dez 15]. Disponível em: http://dtr2004.saude.gov.br/sinanweb/tabnet/ dh?sinannet/violencia/bases/violebrnet.def

Ministério da Saúde (BR). Impacto da violência na saúde nas crianças e adolescentes/ Prevenção de violência e promoção da cultura de paz: você é a peça principal para enfrentar este problema. Brasília: Ministério da Saúde; 2009.

Veloso MMX, Magalhães CMC, Dell’Aglio DD, Cabral IR, Gomes MM. Notificação da violência como estratégia de vigilância em saúde: perfil de uma metrópole do Brasil. Ciênc Saúde Coletiva. 2013;18(5):1263-72.

Oliveira MTD, Lima MLCD, Barros MDDA, Paz AM, Barbosa AMF, Leite RMB. Sub-registro da violência doméstica em adolescentes: a (in) visibilidade na demanda ambulatorial de um serviço de saúde no Recife-PE, Brasil. Rev Bras Saúde Matern Infant. 2011;11(1):29-39.

Zanatta EA, Pai DD, Resta DG, Argenta C, Motta MDGC. Caracterização das notificações de violência contra adolescentes. Enferm Foco (Brasília). 2012;3(4):165-8.

Minayo MCS. Violência e saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2006.

Cocco M, Silva EB, AC Jahn. Abordagem dos profissionais de saúde em instituições hospitalares a crianças e adolescentes vítimas de violência. Ver Eletrônica Enferm. 2010;12(3):491-7.

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & Contexto Enferm. 2008;17(4):758-64.

Bardin L. Análise do Conteúdo. Lisboa: Edições 70; 2007.

Justino LCL, Ferreira SRP, Nunes CB, Barbosa MAM, Gerk MAS, Freitas SLF. Violência sexual contra adolescentes: notificações nos conselhos tutelares, Campo Grande, Mato Grosso do Sul, Brasil. Ver Gaúch Enferm. 2011;32(4):781-7.

Martins CBG, Jorge MHPM. Negligência e abandono de crianças e adolescentes: análise dos casos notificados em município do Paraná, Brasil. Pediatria (São Paulo). 2009;31(3):186-97.

Silva LMP, Carvalho Ferriani MDG, Silva MAI. Atuação da enfermagem frente à violência sexual contra crianças e adolescentes. Rev Bras Enferm. 2011;64(5):919-24.

Pordeus AMJ, Souza Vieira LJE, Luna GLM, Albuquerque IRR, Moreira DP, Frota MA, et al. Notificação de direitos violados segundo o Sistema de Informação par a Infância e Adolescência (SIPIA) no Nordeste brasileiro. Rev Bras Promoç Saúde. 2011;24(4):313-21.

Costa MCO, Carvalho RCD, Bárbara JFRS, Santos CAST, Gomes WDA, Sousa HLD. O perfil da violência contra crianças e adolescentes, segundo registros de Conselhos Tutelares: vítimas, agressores e manifestações de violência. Ciênc Saúde Coletiva. 2007;12(5):1129-41.

Luna GLM, Parente EO, Moreira DP, Vieira LJES. Notificação de maus-tratos contra crianças e adolescentes: o discurso oficial e a práxis Rev Enferm UERJ. 2010; 18(1):148-52.

Bazon MR. Violências contra crianças e adolescentes: análise de quatro anos de notificações feitas ao Conselho Tutelar na cidade de Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil. Cad Saúde Pública. 2008;24(2):323-32.

Rizzini I. Para além da centralidade da família. Psicologia: Ciência e Profissão. 2010; 7(7):20-22.

Ministério da Saúde (BR). Impacto da violência na saúde das crianças e adolescentes. Brasília: Ministério da Saúde; 2008.




DOI: https://doi.org/10.5020/2750

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia