A atuação da educação física nas residências multiprofissionais em saúde

Leandro Quadro Corrêa, Mirella Pinto Valério, André Oliveira Teixeira, Luis Fernando Guerreiro, Daniel Fossati Silveira, Pitágoras Terra Machado, Bruno Ezequiel Xavier, Manuela Oliz, Diogo Antunes, Alan Goularte Knuth

Resumo


Objetivo: Apresentar as atividades de competência e atuação da Educação Física nas residências multiprofissionais em saúde e as dificuldades dessa experiência. Síntese dos dados: Apresentam-se as atividades de competência e atuação no Sistema Único de Saúde (SUS) da Residência Integrada Multiprofissional Hospitalar com Ênfase na Atenção à Saúde Cardiometabólica do Adulto (RIMHAS) e da Residência Multiprofissional em Saúde da Família (RMSF), supervisionadas pela Comissão das Residências Multiprofissionais (COREMU), ambas com atenção à saúde dos usuários do SUS e duração de dois anos. No que diz respeito à atuação dos residentes, no primeiro ano na RIMHAS, as atividades são desenvolvidas no Hospital Universitário da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), no Serviço de Pronto Atendimento, Clínica Médica e Clínica Cirúrgica; no segundo, ocorrem no Centro Integrado de Diabetes e Centro de Reabilitação Física. Na RMSF, há uma imersão em uma equipe de Estratégia de Saúde da Família, com atuação em uma Unidade Básica de Saúde, além da realização de estágios em outros serviços. Conclusão: O estudo mostra que experiências que articulam a formação acadêmica do núcleo da Educação Física e o SUS contribuem para a construção de um canal de diálogo entre indivíduos atuantes nas residências multiprofissionais.


doi: 10.5020/18061230.2014.p428

Palavras-chave


Educação Física e Treinamento; Promoção da Saúde; Pessoal Técnico de Saúde; Sistema Único de Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Ministério da Saúde (BR), Conselho Nacionalde Saúde. Resolução nº 287, de 08 de outubro de 1998. Relacionar as categorias profissionais de saúde de nível superior para fins de atuação do Conselho. Diário Oficial da União [Internet]. 1998 [acesso em 2013 Ago 6]. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&id=12501&Itemid=813

Dallegrave D, Kruse MHL. No olho do furacão, na ilha da fantasia: a invenção da residência multiprofissional em saúde. Interface Comun Saúde Educ. 2009;13(28):213-37.

Loch MR, Florindo AA. A Educação Física E As Residências Multiprofissionais Em Saúde. Rev Bras Ativ Fís Saúde. 2012;17(1):81-2.

Ministério da Educação (BR), Secretaria de Educação Superior, Comissão Nacional De Residência Médica Multiprofissional em Saúde. Resolução nº 2, de 13 de abril de 2012. Dispõe sobre Diretrizes Gerais para os Programas de Residência Multiprofissional e em Profissional de Saúde. Diário Oficial da União, Brasília, 2012 Abr, n. 73 – Seção 1, p. 24-5

Presidência da República (BR), Casa Civil, Subchefia para Assuntos Jurídicos. Decreto nº 7.082, de 27 de janeiro de 2010. Institui o Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais- REHUF, dispõe sobre o financiamento compartilhado dos hospitais universitários federais entre as áreas da educação e da saúde e disciplina o regime da pactuação global com esses hospitais. Diário Oficial da União, Brasília, 2010 Jan 27, Edição Extra.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria-Executiva, Núcleo Técnico da Política Nacional de Humanização. HumanizaSUS - Política Nacional de Humanziação: a humanização como Eixo Norteador das Práticas de Atenção e Gestão em Todas as Instâncias do SUS. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

American College of Sports Medicine. Diretrizes do ACSM para os testes de esforço e sua prescrição. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2010.

Sociedade Brasileira de Cardiologia / Sociedade Brasileira DE Hipertensão / Sociedade Brasileira DE Nefrologia. VI Diretrizes brasileiras de hipertensão. Arq Bras Cardiol. 2010; 95(1 Supl 1):1-51.

Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2013-2014 [acesso em 2014 Fev 2]. Disponível em: http://www.diabetes.org.br/diretrizes-idf

Sociedade Brasileira de Cardiologia. Diretriz de reabilitação cardiopulmonar e metabólica: aspectos práticos e responsabilidades. Arq Bras Cardiol. 2006;86(1):76-82.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. Diretriz de Reabilitação Cardíaca. Arq Bras Cardiol. 2005;84(5):431-40.

Mendes EV. O modelo de atenção às condições crônicas na ESF. In: Mendes EV. O cuidado das condições crônicas na atenção primária à saúde: o imperativo da consolidação da estratégia da saúde da família. Brasília: Organização Pan-Americana da Saúde; 2012. p. 142-3.

Universidade Federal do Rio Grande. Projeto Político Pedagógico da Residência Multiprofissional em Saúde da Família. Rio Grande: Universidade Federal do Rio Grande; 2010.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 154/2008 [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2013 [acesso em 2013 Ago 6]. Disponível em: http://www3.dataprev.gov.br/sislex/paginas/66/MPS/2008/154.htm

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Política nacional de promoção da saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 719/2011 [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde, 2013 [acesso em 2013 Ago 6]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt0719_07_04_2011.html

Bagrichevsky M, Palma A, Estevão A. Saúde Coletiva e Educação Física: aproximando campos, garimpando sentidos. In: Bagrichevsky M, Palma A, Estevão A, Rosa M. A saúde em debate na educação física. Blumenau: Nova Letra; 2006. p. 21- 43. v. 3.

Luz MT. Novos saberes e práticas em saúde coletiva: estudos sobre racionalidades médicas e atividades corporais. 3ª ed. São Paulo: Hucitec; 2007.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde. Portaria nº 256/2013 Brasília: Ministério da Saúde, 2013 [acesso em 2013 Ago 6]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/sas/2013/prt0256_11_03_2013.html




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2863

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia