Desempenho psicomotor de crianças pré-escolares

Arleciane Emilia de Azevêdo Borges, Luciana Moura Mendes, Adriana Carla Costa Ribeiro Clementino

Resumo


Objetivo: Avaliar o desempenho psicomotor em crianças pré-escolares com 5 anos de idade mediante a utilização de uma escala validada. Métodos: Estudo prospectivo e observacional, de abordagem dedutiva com procedimento descritivo e estatístico, o qual realizou avaliação psicomotora em 30 crianças matriculadas em um Centro de Referência em Educação Infantil (CREI) de João Pessoa-PB, em 2011, utilizando-se uma escala de desenvolvimento validada e adaptada. Os dados foram analisados utilizando-se o software SPSS 16.0. Resultados: Notou-se nas áreas de aquisição que os avaliados atingiram 21 (89,4%) dos 24 pontos da motricidade, 10 (84,7%) dos 12 pontos da maturação socioemocional, 16 (75,3%) dos 21 pontos da visomotricidade, e 11 (71,3%) dos 15 pontos da audição-linguagem falada, caracterizando a área mais comprometida da psicomotricidade. Conclusão: Os achados do estudo demonstraram déficits em todas as perspectivas psicomotoras avaliadas, indicando desempenho psicomotor não satisfatório com a idade cronológica, com ênfase nas dificuldades de aquisição da audição-linguagem falada, nos exercícios de lateralização definida e na realização de atividades de socialização.

doi: 10.5020/18061230.2014.p439

Palavras-chave


Atividade Motora; Avaliação em Saúde; Desenvolvimento Infantil.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Fonseca V. Desenvolvimento psicomotor e aprendizagem. Porto Alegre: Artmed; 2008.

Aguiar JS. Educação inclusiva: jogos para o ensino de conceitos. 5ª ed. Campinas: Papirus; 2009.

Ferreira TL, Martinez AB, Ciasca SM. Avaliação psicomotora de escolares do 1º ano do ensino fundamental. Psicopedagogia. 2010;27(83):223-35.

Rezende JCG, Gorla JI, Araújo PF, Carminato RA. Bateria psicomotora de Fonseca: uma análise com o portador de deficiência mental. Lecturas Educación Física Deportes, Rev Digital [periódico na Internet]. 2003 [acesso em 2015 Abr 9];9(62):1. Disponível em: http://www.efdeportes.com/efd62/fonseca.htm

Haywood KM, Getchell N. Desenvolvimento motor ao longo da vida. 5ª ed. Porto Alegre: Artmed; 2010.

Rosa Neto F, Santos APM, Xavier RFC, Amaro KN. A importância da avaliação motora em escolares: análise da confiabilidade da escala de desenvolvimento motor. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum.2010;12(6):422-7.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde [Internet]. 3ª ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2010 [acesso em 2014 Nov 30]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/politica_nacional_promocao_saude_3ed.pdf

Santos AAGS, Silva RM, Machado MFAS, Vieira LJES, Catrib AMF, Jorge HMF. Sentidos atribuídos por profissionais à promoção da saúde do adolescente. Ciênc Saúde Coletiva. 2012;17(5):1275-84.

Silva RD, Catrib AMF, Collares PMC, Cunha ST. Mais que educar: ações promotoras de saúde e ambientes saudáveis na percepção do professor da escola pública. Rev Bras Promoç Saúde. 2011;24(1):63-72.

Venâncio DR, Gibilini C, Batista MJ, Gonçalo CS, Sousa MLR. Promoção da saúde bucal: desenvolvendo material lúdico para crianças na faixa etária pré-escolar. J Health Sci Inst. 2011;29(3):153-6.

Lakatos EM, Marconi MA. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório, publicações e trabalhos científicos. 7ª ed. rev. e amp. São Paulo: Atlas; 2011.

Rosa Neto F, Amaro KN, Prestes DB, Arab C. O esquema corporal de crianças com dificuldade de aprendizagem. Psicol Esc Educ. 2011;15(1):15-22.

Lucena NMG, Soares DA, Soares LMMM, Aragão POR, Ravagni E. Lateralidade manual, ocular e dos membros inferiores e sua relação com déficit de organização espacial em escolares. Estud Psicol (Campinas) 2010;27(1):3-11.

Sousa AP, José Filho M. A importância da parceria entre família e escola no desenvolvimento educacional. Rev Iberoamericana Educación. 2008;44(7):1-8.

Medina-Papst J, Marques I. Avaliação do desenvolvimento motor de crianças com dificuldades de aprendizagem. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum. 2010;12(1):36-42.

Sampaio S, Freitas IB (Org). Transtornos e Dificuldades de Aprendizagem: Atendendo Melhor os Alunos Com Necessidades Educativas. Rio de Janeiro (RJ): Editora WAK; 2011. 288 p.

Le Boulch J. O desenvolvimento psicomotor do nascimento aos 6 anos: a psicocinética na idade préescolar.7ª ed. Porto Alegre: Artes Médicas; 1992.

Coste JC. A psicomotricidade. 2. ed. Rio de Janeiro:Zahar, 1981. 96 p.

Motta JA, Silva PO, Marta CB, Araújo BBM, Francisco MTR, Seabra Junior HC. O cuidado à criança na creche: integração entre saúde e educação. Rev Enferm UERJ. 2012;20(2):771-6.

Roecker S, Marcon SS, Decesaro MN, Waidman MAP.Binômio mãe-filho sustentado na teoria do apego: significados e percepções sobre centro de educação infantil. Rev Enferm UERJ. 2012;20(1):27-32.




DOI: https://doi.org/10.5020/3038

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia